Mais estados aderem à greve e movimento nacional se fortalece

Além do Distrito Federal, mais 13 estados estão em greve, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e o Rio Grande do Sul. Outros cinco estados, como a Bahia, iniciam a greve ao longo desta semana. E nos locais em que ainda não há greve deflagrada estão sendo realizadas paralisações e outras atividades mobilizadoras. Como se pode observar, a mobilização nacional está crescendo a cada dia. A deflagração da greve no Distrito Federal colaborou para o fortalecimento do movimento paredista em todo o país.

É muito importante permanecemos na luta, participando dos piquetes, dos atos e das ações propostas pelo Sindjus. Além disso, precisamos chamar novos colegas à greve. Converse com os seus colegas de trabalho, inclusive com aqueles que estão em estágio probatório, pois a greve é um direito de todos. Só com a participação em massa da categoria romperemos os obstáculos colocados no caminho da aprovação dos PLC 28 e 41/15.

A orientação do Comando Nacional de Greve é intensificar a greve por tempo indeterminado para forçar as cúpulas do Judiciário e do MPU a buscarem uma alternativa junto ao governo federal, que seja favorável aos servidores. Em reunião no dia 10 de junho, na sede da Fenajufe, coordenadores da Federação e um representante de cada estado em greve avaliaram que a tarefa central da categoria no momento é aumentar o movimento em nível nacional, garantindo a adesão à greve daqueles estados que ainda não paralisaram as atividades.

Clique AQUI para conferir o mapa da greve no Brasil.

🔥10 Total de Visualizações