Greve forte no TSE pelo PLC 28 e contra abusos no Plano de Saúde

A greve no TSE está a todo vapor. Os servidores estão mobilizados como nunca e dispostos a fazer muita pressão para conquistar a aprovação do PLC 28/15. Desde o dia 9 de junho, os servidores desse tribunal se organizam na construção e ampliação do movimento paredista, que tem se fortalecido a cada dia. Os grevistas fazem um trabalho permanente com os colegas que ainda não aderiram, falando sobre a importância da união e da mobilização para o rompimento da política de arrocho adotada pelo governo Dilma. Além da greve pela reposição salarial, os servidores desse tribunal paralisam suas atividades para reverter o reajuste altíssimo no plano de saúde e alterações prejudiciais propostas pela diretoria-geral (Clique AQUI abaixo-assinado feito pelo Sindjus contra esses abusos referentes ao plano de saúde).

Por tudo isso, os servidores do TSE estão empenhados em conseguir o máximo de apoio lotando o Ato desta terça-feira (16/6), às 15h, em frente ao STF. Antes do ato, segundo aprovado na reunião do Comando de Greve do dia 15 de junho, esses servidores vão fazer um arrastão solidário no TST visando angariar mais adesões à greve.

Foto: Cristiano Pecanha, servidor do TSE

🔥8 Total de Visualizações