Depois da derrota em relação ao PLC 28, governo tenta barrar PLC 41

viagra diskuze

viagra prodej ostrava

Os coordenadores do Sindjus Junior Alves, Eldo Luiz e Eugênia Lacerda (também da Fenajufe), além do diretor da Federação Saulo Arcangeli, buscaram a inclusão do PLC 41 na pauta do Senado desta quarta-feira (1º/7), conforme já havia sido solicitado pelas entidades, no dia 30 de junho, ao presidente Renan Calheiros.

No entanto, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL/AP), que tem apoiado nossos pleitos, informou que a reunião de líderes não aconteceu como previsto. A informação foi completada pelo líder do PMDB, Eunício Oliveira, que afirmou que a votação do PL 41/2015 não aconteceria devido ao trancamento da pauta por Medidas Provisórias (A MP 672/2015, que trata sobre a política de reajuste do salário mínimo, e a MP 673/2015, sobre a dispensa de emplacamento para tratores).

O Sindjus defende que o PLC 41 siga o mesmo caminho do PLC 28 e seja aprovado da forma como está, sem rebaixamento. A apreciação do PLC 41, segundo o site do Senado, foi transferida para a sessão deliberativa da próxima terça-feira (7/7).

🔥16 Total de Visualizações