Assembleia-Geral aprova continuidade da greve com atos e vigílias

Uma multidão de servidores se reuniu, na tarde desta segunda-feira (6/7), no TSE, em Assembleia-Geral, aprovando a continuidade e o fortalecimento da greve visando à sanção do PLC 28 e a aprovação do PLC 41 e, em seguida, sua sanção presidencial. No entendimento dos servidores, o recuo dos servidores, neste momento, municia o veto da presidente Dilma. E como o veto não interessa à categoria, a pressão e as articulações devem ser voltadas à sanção. Para consolidar esse caminho, a categoria aprovou a intensificação das atividades com atos, vigílias e trabalho dentro do Congresso Nacional.


Confira o calendário da semana:

Terça-feira (7/7):

Pressão dentro do Senado pela aprovação do PLC 41

Arrastões nos locais de trabalho

Arrastão no TRF


Quarta-feira (8/7):

Ato no Ministério do Planejamento, com marcha passando pelo Ministério da Fazenda, chegando ao Palácio do Planalto.

Quinta-feira (9/7)

Ato no TJDFT com a participação dos outros fóruns, juntamente com o trabalho para estabelecer uma Portaria para limitar a distribuição dos processos somente a casos urgentes. O arrastão contará também com participações do TRE e MPDFT-Sede

Doação de sangue e cadastro para doação de medula óssea

Arrastões nos locais menos mobilizados


Sexta-feira (10/7)

Reunião do Comando de Greve


Outros pontos aprovados:

Ofício do presidente Lewandowski a presidente Dilma pela sanção do PLC 28

Vigília na frente da casa do presidente Lewandowski

Vigília de 48h na frente do STF visando reunião com o presidente Lewandowski

Procurar os demais ministros do STF buscando apoio à sanção do PLC 28

Em relação às vigílias, as pessoas interessadas devem procurar a Direção para informar seus nomes.

🔥35 Total de Visualizações