Assembleia-Geral aprova continuidade da greve e calendário de atos, apagões e arrastões

naltrexone

naltrexone

Os servidores do Poder Judiciário e do MPU, reunidos em Assembleia-Geral, na tarde desta terça-feira (14/7), aprovaram a continuidade da greve pela sanção do PLC 28 e aprovação do PLC 41. Os servidores entenderam que é preciso fortalecer o movimento paredista impulsionando os piquetes e arrastões nos locais de trabalho e concentrando esforços em atos estratégicos.

Quarta-feira (15/7): Piquetes e arrastões nos locais de trabalho sensibilizando os colegas para o ato do dia 16;

Fortalecer trabalho no Congresso nesta quarta-feira (15/7) com apoio de algum Fórum de Brasília, a ser definido pela Diretoria

Tuitaço, às 20h, com #PLC28SancionaDilma

Quinta-feira (16/7): Ato Nacional em frente ao Palácio do Planalto, às 15h

Sexta-feira (17/7): Reunião do Comando de Greve, às 14h, e mobilização nos locais de trabalho;

Segunda (20/7) e Terça-Feira (21/7): Apagão no Judiciário com ato;

Quarta-feira (22/7): Assembleia-Geral, às 15h, para avaliar a conjuntura

Outras propostas aprovadas:

Buscar a TV Câmara e TV Senado para rebater as mentiras em torno do PLC 28;

Oficiar o STF para que no Orçamento de 2016 do Judiciário o PLC 28 seja contemplado;

Apresentação de teatro satírico durante ato do dia 16/7 se houver o quantitativo necessário de voluntários. Voluntários interessados ligar para 3212-2613;

Produção de cartas abertas pedindo o apoio do STF na sanção do PLC 28 para ser entregue aos ministros;

Faixa para o ato do dia 16/7 com o seguinte texto: Lewandowski, o Poder Judiciário precisa do seu apoio à sanção do PLC 28;

A Diretoria buscar os presidentes dos tribunais superiores e do TJDFT para construir uma reunião entre o Sindjus e Lewandowski;

Solicitar apoio à OAB-DF;

Atuar junto aos ministros do STF pela sanção do PLC 28;

🔥14 Total de Visualizações