Comando de Greve indica calendário de mobilização e encaminhamentos

O Comando de Greve de Brasília, reunido nesta sexta-feira (24/7), debateu a realidade da greve nos locais de trabalho e os cenários do PLC 28, construindo um calendário de mobilização e diversos encaminhamentos que serão submetidos à Assembleia-Geral do dia 28 de julho (terça-feira). Os integrantes do Comando salientaram a importância da continuidade e do fortalecimento da greve, e a intensificação dos trabalhos no Congresso Nacional, para a derrubada do veto do PLC 28.


Calendário de Mobilização:


Segunda-feira (27/7)

Piquetes e arrastões nos locais de trabalho

Reunião do Comando do Congresso, às 19h, com presença da assessoria parlamentar do Sindjus.


Terça-feira (28/7)

Assembleia-Geral


Quarta-feira (29/7)

Palestra sobre o impacto orçamentário dos PLCs 28 e 41 e a dívida pública brasileira


Quinta-feira (30/7)

Arrastões e piquetes nos locais de trabalho


Sexta-feira
(31/7)

Reunião do Comando de Greve do Sindjus DF


Outros pontos aprovados:

Solicitar reunião com o presidente Lewandowski para informar decisão da categoria de lutar pela derrubada do veto do PLC 28, bem como para buscar informações sobre a retomada de negociações com o governo acerca da reposição salarial dos servidores que tem sido anunciada pela mídia

Organização de hospedagem solidária. O Sindjus organizará o cadastro de interessados em receber servidores de outros estados em sua residência por ocasião da apreciação do veto.

Fazer panfletos específicos para a população, para os advogados e para magistrados.

Produzir mais faixas e adesivos para carros.

Produzir memoriais para magistrados.

Criar Comissão de Mobilização e convencimento.

Realizar campanha de doação financeira para o fundo de greve do sindicato

Carta Aberta a advogados

Propor ao Comando de Greve Nacional a formação de uma comissão (com um de cada chapa ?)para apoiar os colegas que trabalharão com os parlamentares dos nos estados

Carta-eletrônica do Sindjus aos servidores do DF fazendo uma chamado pelo fortalecimento da greve.

Solicitar à Fenajufe pedido de apoio à carta da Fenajufe para Anamatra e Ajufe pedindo apoio

Solicitar reunião com o presidente e com o corregedor do TJDFT para tratar da greve.

Propor à Fenajufe que encaminhe documento ao presidente do STF dizendo quem faz parte da Comissão de Negociação. Solicitar que seja incluída no ofício a necessidade de participação dessa comissão na negociação entre o Judiciário e o Executivo.

Solicitar posicionamento formal da OAB DF e Nacional sobre os PLCs 28 e 41

Buscar saber, para tomar atitudes, quais são os servidores que perderam funções comissionadas nos tribunais e MPU.

Institucionalização das comissões do Sindjus, com participação de diretores.

Encaminhar em assembleia o repúdio a documentos apócrifos.

Programar atos nos tribunais superiores.

🔥19 Total de Visualizações