Comando de Greve indica jornada de luta pela derrubada do veto ao PLC 28

O Comando de Greve, reunido nesta sexta-feira (31/7), indicou para a Assembleia-Geral do dia 4 de julho o fortalecimento da greve com a retomada dos atos e a intensificação dos trabalhos no Congresso Nacional. No entendimento do Comando, a derrubada do veto ao PLC 28 (Veto 26) e a efetiva reposição salarial dos servidores implica em pressão máxima e no empenho de cada servidor numa jornada de luta edificada em dois pilares: unidade e mobilização. Confira os encaminhamentos da reunião:


Calendário aprovado


Segunda (3/8)

Piquetes e arrastões de convencimento

Arrastão à tarde no TST com servidores do TJDFT Sede

Arrastões nas Varas Trabalhistas, às 9h.

Arrastões no Leal Fagundes, no CNJ e no Paranoá organizados pela Comissão de Convencimento.

Reunião do Comando do Congresso, às 19h, (local a confirmar)


Terça (4/8)

Abraço no STJ às 13h30

Assembleia-Geral em frente ao STJ às 14h30


Quarta (5/8)

Ato Nacional, às 15h, na Praça dos Três Poderes


Quinta (6/8)

Piquetes nos locais de trabalho e trabalho no Congresso Nacional organizado pelo Comando do Congresso


Sexta (7/8)

Reunião do Comando de Greve

Terça (11/8)

Ato no TST durante homenagem ao Lewandowski


Outros pontos aprovados:

Colocar no site a carta aos magistrados e aos procuradores e o abaixo-assinado padrão para os servidores dos locais de trabalho colherem as assinaturas.

Fazer uma carta dos servidores do Judiciário ao MPU conscientizando para a greve

Fazer assembleia às segundas a partir da 2ª semana de agosto

Articular relator do veto favorável à luta dos servidores

Remeter para a Comissão de Comunicação gravação de áudio de 3 a 5 minutos com a realidade dos servidores para colocar nos piquetes

Colocar no site abaixo-assinado padrão para o apoio dos advogados.

🔥18 Total de Visualizações