Servidores lotados na Sede do TRT10 decidem aderir em massa à greve

Mais de 120 servidores lotados na Sede do TRT10, tanto da área administrativa como em gabinetes de desembargadores, compareceram, nesta quarta-feira (5/8), ao auditório Oswaldo Neme e, por unanimidade, decidiram aderir, em massa, à greve por tempo indeterminado em defesa da justa recomposição salarial, participando, a partir de então, ativamente das mobilizações pela derrubada do veto ao PLC 28.

Entre os próprios servidores se comenta que nunca houve uma adesão tão forte à greve como essa. O sentimento na Sede do TRT é de profunda indignação com a postura do chefe do Poder Judiciário, ministro Ricardo Lewandowski, que está negociando uma contraproposta com o governo ao contrário de se empenhar na derrubada do veto ao PLC 28.

O entendimento dos servidores da 2ª Instância do TRT é de que o empenho de cada um é fundamental, neste momento, à derrubada do veto ao PLC 28. O Sindjus, assim como nos outros locais de trabalho, dará todo o apoio necessário à mobilização desses servidores.



🔥12 Total de Visualizações