Servidores decidem continuar em greve no DF

Os servidores do Poder Judiciário e do MPU, reunidos em Assembleia-Geral, na tarde desta terça-feira (24/9), na Praça dos Tribunais Superiores, aprovaram a continuidade da greve por tempo indeterminado visando à derrubada do Veto 26, referendando assim indicação do Comando de Greve do DF, que se reuniu na manhã de hoje para conjecturar os cenários após a sessão do dia 22.

A categoria se animou com as informações de que uma nova sessão conjunta do Congresso Nacional foi chamada para o dia 30 de setembro, às 11h30, e de que a bancada do PMDB estaria descontente com Dilma Rousseff em razão dela não cumprir o que prometeu para garantir o apoio do partido na manutenção dos vetos.

O entendimento de todos é que a atuação incisiva dentro do Congresso Nacional somada à mobilização dos servidores têm dado resultado, encurralando o governo que atua de forma desesperada para tentar reverter o espaço conquistado pelos servidores na Câmara e no Senado, de forma que a greve e os trabalhos dos comandos do Congresso e do Aeroporto devem ser intensificados.

Por diversas vezes os servidores entoaram a palavra de ordem “Nós Voltaremos”, repetindo o que fizeram ao final da sessão do dia 22.

A Assembleia-Geral aprovou o calendário e os encaminhamentos do Comando de Greve:


Calendário

28/9 – Trabalhos no Congresso e no Aeroporto

29/9 – Trabalhos no Congresso e no Aeroporto

Vuvuzelaço durante reunião de líderes (a confirmar dia e horário)

30/9 – Ato

1º/10 – Reunião do Comando de Greve do DF

2/10 – Assembleia-Geral


Encaminhamentos:

Continuidade da Greve por tempo indeterminado;

Sugerir que a Fenajufe faça Ato Nacional no dia 30/9;

Fazer agradecimento aos 242 deputados que votaram pela derrubada do Veto 26, na eCédula, na sessão do dia 22;

Divulgar os trabalhos do Comando do Congresso no site;

Fazer nota desmentindo as mentiras divulgadas na mídia, como reajuste de 78% e impacto de 36 bilhões;

Criar núcleos para pressionar os parlamentares por meio de telefonemas, emails e redes sociais;


Demais encaminhamentos aprovados:

Diminuir o excesso de barulho durante a realização dos trabalhos no Aeroporto e utilizar caixa de som apenas para organizar as atividades;

Intensificar a campanha pela derrubada do Veto 26 nas redes sociais;

Orientar que os servidores não utilizem fogos de artifício nos atos;

Ver a possibilidade de utilização de telão no próximo ato;

Intensificar campanha de milhas/hospedagem solidária para facilitar vinda dos colegas de outros estados;

Orientar os servidores que não utilizem faixas que façam alusão ao impeachment da Dilma para não perder o foco do ato;

Fazer um levantamento dos parlamentares ausentes na sessão do dia 22 de setembro;

Colocar um outdoor nas proximidades do aeroporto;

Solicitar esclarecimentos ao escritório do Ibaneis sobre a participação da OAB no pedido de corte de ponto no CNJ.

🔥20 Total de Visualizações