Publicada portaria de compensação da greve por atualização de serviço no STJ

Foi publicada a Portaria STJ/GDG nº 1133, de 10/12/15, que, oficializando o resultado da negociação entre o Sindjus e o ministro Francisco Falcão, determina que a compensação dos dias não trabalhados durante a greve deste ano será por meio de atualização de serviço. Importante lembrar que os coordenadores do Sindjus, que pertencem ao quadro do tribunal, Ednete Bezerra, Francisco Vaz e Najla Bastos, com o apoio do presidente da ASSTJ, Vinicios Couto, e do servidor Wite Vilela, empenharam-se muito por essa forma de compensação. Foram feitas diversas reuniões com o ministro Falcão e com o diretor geral, Miguel Fonseca, defendendo que os servidores não tivessem qualquer prejuízo ou retaliação por terem participado do movimento paredista.

Segundo a portaria, essa compensação se dará por meio de plano de trabalho elaborado pelas chefias imediatas e os servidores têm até o dia 31 de julho de 2016 para finalizar a atualização do serviço represado. Clique AQUI para conferir a Portaria 1133.

Sem dúvida alguma, essa portaria é uma vitória para todos os grevistas, uma vez que reconhece a legitimidade da nossa greve. O Sindjus parabeniza todos os servidores do STJ que, bravamente, participaram dessa que foi a maior greve da história da nossa categoria. Depois de muitos anos, os servidores do tribunal voltaram, em peso, às ruas para lutar por seus direitos acreditando na nova Diretoria do Sindicato. Muitos tiveram participação marcante em diversas frentes, como nos comandos do Congresso e do Aeroporto. Sem dúvida alguma, os servidores do STJ fizeram bonito.

🔥45 Total de Visualizações