Governo Temer afirma que manterá acordo de reposição salarial já acordados com Executivo

Após a primeira reunião ministerial do governo interino Michel Temer, nesta sexta-feira (13/5), o ministro do Planejamento, Romero Jucá, concedeu entrevista coletiva aos jornalistas afirmando que os projetos de lei de reajustes dos servidores já enviados pelo Executivo, e que tiveram acordo na gestão Dilma Rousseff, serão cumpridos pelo atual governo.

Embora o presidente interino Michel Temer já tenha sinalizado o envio ao Congresso, já na próxima semana, de uma série de propostas para o controle das contas públicas, como a revisão da meta fiscal, a declaração do ministro do Planejamento, Romero Jucá, confirma a intenção do novo governo de manter os acordos do funcionalismo envolvendo demandas salariais já negociadas durante a gestão Dilma Rousseff. Desse modo, segundo a declaração do novo Ministro, esse aperto das contas não atingirá o PL 6697/09 e o PL 2648/15.

Coordenadores do Sindjus e da Fenajufe têm estado em alerta, acompanhando de perto as movimentações no Congresso Nacional tanto em relação ao PL 2648/15 (Judiciário) quanto no que diz respeito ao PL 6697/09 (MPU).

🔥12 Total de Visualizações