PLs 2648 e 6697 não estão na pauta, mas Temer inclui recomposições na agenda positiva

Segundo informações atualizadas da Assessoria Parlamentar do Sindjus, tanto o PL 2648/15 quanto o PL 6697/15 não constam da pauta desta semana do Plenário da Câmara dos Deputados.

Será necessário haver esforços dos dirigentes sindicais junto aos líderes para que ele seja pautado e votado. A mobilização também deve partir de servidores, fazendo um trabalho de convencimento dentro do Congresso Nacional para levar os projetos à pauta e votação.

O jornal Correio Braziliense desta segunda-feira (30/5), trouxe a matéria “Temer quer uma agenda positiva”, revelando que o presidente interino pretende encaminhar ao Congresso propostas para combater a violência contra as mulheres e a aprovação da reposição salarial dos servidores da União prevista no Orçamento de 2016, que está parada na Câmara.

Segundo o líder do PSD na Câmara, deputado Rogério Rosso (DF), que almoçou com Temer no último domingo, a reposição salarial dos servidores do Judiciário está mesmo na agenda.

O líder do governo na Câmara, deputado André Moura (PSC-SE), avisou que nesta semana será aprovada uma série de urgências de reajustes de servidores. “Já tem urgência para o Ministério Público Federal e para o Judiciário. Queremos estender essa urgência ao Executivo e a outras categorias, como TCU, CGU, AGU, Câmara e Senado”, afirmou. Para o deputado, primeiro serão aprovadas essas urgências e depois haverá debate com a equipe econômica.

🔥14 Total de Visualizações