Fenajufe monitora confecção de pareceres para sanção dos reajustes do Judiciário e MPU

Fonte: Fenajufe

Os coordenadores da Fenajufe Adriana Faria, Costa Neto (também do Sindjus-DF) e Gerardo Lima, membros da Comissão de Negociação da entidade, estiveram durante a tarde desta segunda-feira (4/7) na Casa Civil da Presidência da República, em busca de informações referentes à sanção dos projetos de reajuste do Judiciário Federal e MPU. Ali foram informados que já foi feita a solicitação dos pareceres exigidos por lei, aos ministérios da Fazenda, da Justiça e Cidadania e do Planejamento e à Advocacia Geral da União.

Em seguida, a parada foi no Ministério do Planejamento, em busca de informações mais completas sobre o trâmite dos pareceres a serem enviados à Casa Civil e que possibilitarão ao presidente interino, Michel temer, sancionar os projetos de reajuste dos servidores do Judiciário Federal e MPU, os PLCs 29/16 e 26/16 respectivamente. Mas até aquele momento a única informação consistente é que estão em fase de elaboração. O contato foi feito com a assessoria do Chefe de Gabinete da pasta, Cleiton Araújo.

Os coordenadores querem monitorar a confecção das peças a fim de evitar surpresas. A expectativa é que os textos sejam mantidos na integralidade. A Fenajufe informa que vai continuar o trabalho de acompanhamento junto aos ministérios, ao longo da semana, e orienta apoio nas interlocuções àqueles servidores que possuem contatos próximos nestes órgãos.

Os ministérios e a AGU tem até o dia 11 de julho para a remessa dos pareceres à Casa Civil. Já o prazo final da sanção é 20 de julho.

🔥14 Total de Visualizações