Sindjus-DF convoca categoria para manifestação contra a PEC do teto de gastos

Está prevista para ser votada nesta terça-feira (13), em segundo turno no plenário do Senado Federal, a PEC 55/2016, que limita os investimentos nos serviços públicos nos próximos 20 anos. Aprovada em primeiro turno no dia 29/11, a matéria é a prioridade de Michel Temer para dar prosseguimento às outras medidas que compõem o ajuste fiscal de seu governo.

Com o objetivo de pressionar o Senado e derrotar a proposta, entidades sindicais e estudantis preparam grande ato público, em Brasília. Centrais, confederações, federações e sindicatos de base se reunirão a partir das 15h, no Museu Nacional da República. De lá, a manifestação, que está sendo chamada também pelo Fórum Nacional de Entidades dos Servidores Federais (Fonasefe), sairá em caminhada, por volta das 17h, rumo ao Congresso Nacional, onde será realizado ato público com intervenções das lideranças das organizações.

Estudantes secundaristas e universitários se reunirão mais cedo, por volta das 14h, no Teatro Nacional. No meio da tarde, eles também seguirão para a concentração no Museu.

O Sindjus-DF convoca os servidores do Judiciário Federal e do MPU para se juntar às demais categorias nesse ato unitário. A ação desproporcional da Polícia Militar na manifestação do dia 29/11 não pode arrefecer os ânimos e a disposição de seguir lutando contra as medidas do governo, que ameaçam direitos sociais e trabalhistas. A orientação das entidades é que na manifestação desta terça-feira, todos e todas procurem se proteger das provocações da PM e de grupos que possam estar lá com outros propósitos que não sejam o de manifestar contra o teto de gastos.

Ainda há várias etapas a serem vencidas. Para além da PEC 55, há outras propostas sendo elaboradas pelo Palácio do Planalto que precisam ser combatidas, como as reformas trabalhista e previdenciária. É preciso seguir resistindo, com unidade entre todos os setores da classe trabalhadora. Nesse sentido, faz-se necessário que toda a categoria esteja nesse esforço para barrar um dos pilares do ajuste fiscal de Temer e se preparar para os próximos embates.

🔥20 Total de Visualizações