TJDFT assina nova portaria que define forma de compensação da greve de 2015

Foi assinada nesta quarta-feira (14) a portaria que estabelece a nova forma de compensação dos dias da greve de 2015. O texto contempla reivindicação do Sindjus-DF e dos servidores que participaram do movimento pela aprovação da revisão salarial, para que a compensação se dê por meio da atualização dos serviços, conforme ocorreu em outros tribunais. A portaria anterior, que estava em vigor, determinava que os servidores pagassem o período de toda a greve trabalhando a mais o número de horas paralisadas.

Em várias reuniões realizadas com a administração do TJ, o Sindjus-DF reivindicou a alteração do entendimento, para que os servidores não fossem prejudicados pelo grande número de horas que ainda teriam que compensar. Nas diversas conversas, o sindicato apresentou documentos que comprovam a viabilidade da atualização do serviço que ficou atrasado, com parecer favorável de vários setores do próprio TJ.

Após várias cobranças, o tribunal finalmente decidiu atender ao pleito da categoria, mas ainda faltava terminar a coleta de assinaturas. Ainda nesta quarta os coordenadores Elcimara Souza e Costa Neto foram à Secretaria Geral e à Presidência do tribunal para cobrar agilidade da administração no sentido de resolver essa pendência antes do início do recesso forense, com a publicação do referido documento.

Também estavam presentes os coordenadores da Fenajufe Adriana Faria e Gerardo Alves, o diretor da Assejus Pita Júnior e o servidor Júnior Alves.

Com a nova portaria em vigor, o Sindjus vai acompanhar agora a implementação de seus efeitos e orienta que, caso haja qualquer problema com a forma de compensação, os servidores informem para que o sindicato possa tomar as devidas providências.

Confira, abaixo, a portaria completa.

🔥11 Total de Visualizações