Durante reunião, Sindjus-DF pede apoio do presidente do TRT 10 à paralisação do dia 28

Nesta terça-feira (25) à noite, o coordenador geral do Sindjus-DF, Costa Neto, e o coordenador Jurídico Chico Vaz, se reuniram com o presidente do TRT da 10ª Região, desembargador Pedro Luís Vicentin Foltran, para tratar da paralisação do dia 28 de abril, próxima sexta-feira. Na ocasião, além do presidente do TRT, também estiveram presentes juízes do Trabalho, advogados e representantes de outras entidades de classes.

Os representantes das entidades manifestaram a preocupação com a situação de todos os trabalhadores do país e enfatizaram a necessidade de que todos os tribunais, principalmente os TRTs, bem como todos os demais segmentos da sociedade, se mobilizem e se empenhem nessa grande manifestação contra as reformas da Previdência e trabalhista, que o governo Temer está querendo impor à sociedade a qualquer custo.

Na reunião, o coordenador Costa Neto informou que o Sindjus-DF já havia comunicado ao TRT e a todos os demais tribunais no DF sobre a decisão da assembleia geral do dia 24 de abril, que deliberou pela paralisação geral da categoria dos servidores Judiciário Federal e do MPU no DF no dia 28. Também informou e que o sindicato já está tomando todas as providências para a efetiva paralisação.

O dirigente do Sindjus destacou também o contexto adverso para a classe trabalhadora, da relevância do tema em questão e ressaltou a importância do apoio do presidente do TRT e das demais autoridades ali presentes, bem como dos demais presidentes de outros tribunais nesse momento de vulnerabilidade de direitos dos trabalhadores, além da ameaça de extinção da própria Justiça do Trabalho, contida no texto dos projetos dessas reformas.

Costa Neto disse que a adesão do TRT à respectiva mobilização, além de ser de grande valia para a causa dos servidores do Judiciário, seria de grande estímulo para os demais tribunais aderirem à paralisação, inclusive suspendendo prazos para os advogados e decretando o total fechamento desses órgãos.

Os coordenadores do Sindjus-DF, Costa Neto e Chico Vaz, saíram da reunião confiantes da sensibilidade do presidente do TRT e das outras autoridades do órgão. Eles esperam, já para essa quarta-feira, um posicionamento positivo de total apoio e solidariedade ao pedido feito pelo Sindjus e pelas demais entidades que participaram da reunião.

🔥8 Total de Visualizações