Sindjus-DF apoia projeto de revogação da Reforma Trabalhista

Como as negociações entre governo e centrais sindicais não avançaram no sentido de alterar pontos da Reforma Trabalhista, já sancionada pelo presidente Temer como Lei 13.467, surge uma nova esperança de barrar essa retirada de direitos dos trabalhadores brasileiros. O senador Paulo Paim (PT/RS) apresentou o Projeto de Lei do Senado 233/2017, que dispõe sobre a revogação dessa famigerada lei (13.467).

A matéria, que tramita em regime terminativo, isto é, não precisará passar, a princípio, pelo Plenário do Senado Federal, está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). De lá, seguirá para as comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Assuntos Sociais (CAS). Foi aberto ontem (2/8), o prazo de cinco dias úteis para apresentação de emendas ao projeto por parte de qualquer senador.

O Sindjus-DF, que assumiu publicamente sua posição contrária à Reforma Trabalhista – participando de atos e colocando peças publicitárias na rua combatendo essa ofensiva, apoia o projeto de lei do senador Paim.

“Além da revogação da Reforma Trabalhista, daremos continuidade à luta contra a Reforma da Previdência, cujo déficit alardeado pelo governo é mentiroso. Já demonstramos nossa força no Congresso Nacional e vamos, novamente, fazer corpo-a-corpo com deputados e senadores contra os ataques que miram não só trabalhadores da iniciativa privada, mas também os servidores públicos”, exclamou Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus-DF.

🔥12 Total de Visualizações