Servidores federais debatem promover ato unificado no STF

Em reunião do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe), realizada no último dia 15 de agosto, dirigentes de várias categorias do funcionalismo público debateram a realização de um grande ato unificado, em frente o Supremo Tribunal Federal (STF). A manifestação foi sugerida pela Fenajufe e terá o objetivo de denunciar as medidas levadas a cabo pelo governo federal, que a cada dia retiram direitos dos servidores públicos e dos trabalhadores em geral.

A data e o processo de organização do ato ainda serão definidos a partir das articulações feitas pelas entidades presentes na reunião com outras confederações, federações e sindicatos.

O Fonasefe deverá também se reunir com o Coletivo Jurídico, formado pelas assessorias jurídicas das entidades, para tratar sobre greve dos servidores públicos federais, decisão do STF sobre os Quintos, proposta de Plano de Demissão Voluntária do governo para o Executivo, PLS 116/17 (avaliação de desempenho do servidor), PLP 248/1998 (perda de cargo público por insuficiência de desempenho) e Emenda Constitucional nº 95/2016 (teto de gastos).

No calendário unificado também consta um dia nacional de lutas, em 14 de setembro, em articulação com os metalúrgicos e outras categorias que realizarão paralisação neste dia. A data será em defesa dos serviços públicos, contra a reforma da Previdência e pela revogação da reforma trabalhista.

A próxima reunião do Fonasefe será no dia 29 de agosto, oportunidade em que serão definidas várias ações, incluindo o ato unificado no STF.

🔥7 Total de Visualizações