Sindjus-DF acompanha leitura do relatório final das investigações da CPI da Previdência

Na manhã desta segunda-feira (23/10), o coordenador-geral do Sindjus-DF, e também dirigente da Fenajufe, Costa Neto, juntamente com o representante do Sindjufe-MS, Eliezer Inácio de Oliveira, e com a presença de outros dirigentes e de aposentados de todo o País, acompanha a apresentação do relatório final das investigações da CPI da Previdência no Senado Federal.

Segundo Costa Neto, o Senador Paulo Paim (PT-RS), Presidente da Comissão, e o relator da CPI, Senador Hélio José (Pros-DF), denunciaram na sessão que a direção do Senado está boicotando a CPI da Previdência ao não transmitir ao vivo pela TV Senado a leitura do relatório final. O presidente da comissão, que já tentou solucionar o problema junto à Diretoria Geral da Casa, está agora fazendo contato direto com o presidente do Senado, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE).

Certamente, esse boicote é porque o relatório vai apontar que não há déficit na Previdência. O relator da CPI, senador Hélio José (Pros-DF), afirmou, em entrevista à Rádio Senado, que o texto “consegue provar que não há deficit” na Previdência. Segundo o senador, está havendo manipulação de dados por parte do governo para que seja aprovada a reforma da Previdência, em discussão na Câmara dos Deputados. “Há uma série de cálculos forçados e irreais”, disse.

A comissão foi instalada no final de abril e seu prazo de funcionamento termina no dia 6 de novembro. Nesse período, a CPI promoveu 26 audiências públicas sobre a atual situação e perspectivas do sistema previdenciário brasileiro. Mais de 140 pessoas foram ouvidas e participaram dos debates, como representantes de órgãos governamentais, sindicatos, associações, empresas, além de membros do Ministério Público e da Justiça do Trabalho, deputados, auditores, especialistas, professores e outros.

Clique AQUI para acessar o relatório final

🔥13 Total de Visualizações