Ato coordenado pelo Sindjus-DF marca dia de greve contra a Reforma da Previdência

Neste dia de greve dos servidores do Poder Judiciário e do Ministério Público da União, conforme decisão de assembleia geral realizada no último 30 de novembro, o Sindjus-DF encampou a realização de ato público no Museu Nacional da República, na Esplanada dos Ministérios. O eixo central da manifestação foi o repúdio à proposta de Reforma da Previdência, defendida pelo governo federal, e as políticas de ajuste fiscal que desmontam o serviço público e colocam em risco direitos da população brasileira.

Conduzido pelos coordenadores Costa Neto, Chico Vaz, Ednete Bezerra e Roberto Jovane, o ato contou com uma participação bastante representativa de colegas da base, que paralisaram os trabalhos neste dia de luta, atendendo ao chamado do Sindjus-DF. Também estiveram presentes dirigentes da Fenajufe e de várias outras entidades do funcionalismo público federal.

Fotos: Joana Darc/Fenajufe

Durante a manifestação, as lideranças se revezaram no carro de som com intervenções denunciando as medidas adotadas pelo governo de Michel Temer, que aprofundam o ajuste fiscal em andamento e ameaçam os serviços públicos. Eles destacaram o que está por trás do discurso do Palácio do Planalto em suas propagandas sobre a reforma da Previdência, que, ao usar o falso argumento do privilégio, joga um setor da classe trabalhadora contra o outro.

Além disso, destacaram que o governo segue mentindo quanto ao falso déficit da Previdência, conforme comprovou o relatório da CPI da Previdência do Senado Federal, aprovado em agosto deste ano.

Enquanto as falas davam o tom político ao ato, a tradicional banda do Sindjus-DF animava os manifestantes, que abordavam a população com cartazes, faixas, vuvuzelas e palavras de ordem contra o desmonte do serviço público.

Abordagem dos parlamentares no aeroporto, panfletagem na rodoviária e ato no INSS
O dia de greve teve início logo cedo, com a mobilização no Aeroporto Internacional de Brasília. A partir das 7h, a equipe do Sindjus-DF recebeu deputados e senadores, que chegavam para a semana de trabalho no Congresso Nacional, com cartazes, faixas e outros materiais que denunciam as mentiras que o governo tem contado em suas campanhas publicitárias a favor da Reforma da Previdência.

Até mesmo instrumentos musicais foram utilizados para chamar atenção de deputados e senadores, além de passageiros e trabalhadores do local.

Noutra frente, o Sindjus-DF realizou nesta manhã panfletagem na rodoviária e participou de ato, em frente ao prédio do INSS, contra a Reforma da Previdência.

🔥14 Total de Visualizações