Comissão do PJU e MPU aprova ações fortalecendo campanhas em prol dos quintos

A Comissão do Judiciário e do Ministério Público da União, que é formada pelo Sindjus-DF e por todas as associações do PJU e do MPU, reuniu-se na manhã desta segunda-feira (11/06) para tratar de ações voltadas aos quintos, aos 13,23%, à proposta de Súmula Vinculante nº 128 e à Data-Base.

Dando continuidade ao trabalho de convencimento dos ministros com base no respeito à coisa julgada e à segurança jurídica, pilares do nosso Estado Democrático de Direito, os dirigentes sindicais continuarão em campo visando à manutenção dos quintos. O objetivo é garantir que os embargos no RE 638.115 sejam julgados até o dia 28 de junho, data da última sessão do STF antes do recesso judiciário.

Durante a reunião, o Sindjus-DF apresentou à Comissão todos os pontos aprovados na última reunião da Diretoria Colegiada do Sindicato, realizada no dia 08/06 (veja matéria sobre essa reunião AQUI), referentes aos quintos. A Comissão aprovou tal pauta de luta, de modo que Sindicato e Associações vão trabalhar de forma conjunta em torno das ações listadas a seguir:

• Mobilização externa e interna no STF em dias de sessões ordinárias e extraordinárias;

• Convocação da categoria para acompanhar as sessões;

• Produção de notícias informando a categoria sobre o andamento do processo e acontecimentos referentes aos quintos;

• Envio de carta eletrônica aos ministros do STF com texto explicativo cobrando a votação e manutenção dos quintos;

• Envio de ofícios solicitando audiências com todos os ministros do Supremo.

Essa linha de atuação baseada na união de forças do Sindjus-DF com as associações foi adotada com afinco em 2017 e têm dado resultados extremamente satisfatórios, em relação à aproximação das entidades e atuação conjunta em defesa da categoria. Afinal, os esforços de todos devem ser convergidos para a defesa intransigente dos servidores do PJU e do MPU. Todos juntos, somos mais fortes!

🔥17 Total de Visualizações