Sindjus-DF se reúne com relator da LDO 2019 e com líder da oposição

Na tarde desta terça-feira (10/07), o Sindjus-DF, representado pelos coordenadores-gerais Abdias Trajano e Costa Neto, se reuniu com o relator da LDO 2019 (PLN 2/2018) na CMO, senador Dalírio Beber (PSDB-SC). A participação do Sindjus-DF se deu a convite do Sintrajusc, que agendou essa reunião. Os dirigentes sindicais argumentaram contra os cortes orçamentários que vão congelar salários, auxílios e concursos públicos, expondo que em razão do nível de estrangulamento do serviço público gerado pela EC 95 o funcionamento de diversas instituições já está bastante comprometido.

Foi entregue ao relator, uma nota pública assinada por centrais e entidades sindicais, também assinada pelo Sindjus-DF, intitulada: “Proposta de Orçamento (LDO) para 2019 inviabiliza os serviços públicos para a população”. Confira a seguir trecho da carta leia na íntegra aqui:

“O relatório da LDO 2019 representa a inviabilização completa de serviços que já têm muitos problemas. Na prática, só quem tem uma situação financeira confortável poderá ter acesso a serviços de qualidade, pagando para isso. Para 90% da população brasileira, o Estado é fundamental na garantia e promoção de serviços e direitos. Cortar 10% do orçamento de custeio, como propõe o governo, é fechar a porta de acesso aos serviços essenciais para dezenas de milhões de pessoas”.

Em seguida, na Liderança da Minoria, o Sindjus-DF se reuniu com o líder da oposição, deputado José Guimarães (PT-CE) e com outros deputados que não concordam com o atual relatório da LDO, que pode ser votado hoje na CMO e no Congresso Nacional.

O Sindjus-DF continua no Congresso Nacional trabalhando a rejeição de diversos artigos no relatório e a revogação da EC 95. Todos ao Congresso!

🔥4 Total de Visualizações