Sindjus-DF repudia nota da Fenajufe

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário e do Ministério Público da União no Distrito Federal – SINDJUS/DF, por intermédio de sua Diretoria, repudia veementemente a nota emitida pela Fenajufe na quarta-feira dia 8.8.2018, acerca da legalização do aborto no Brasil, tema que apresenta elevado grau de antagonismo no seio da sociedade e que não é, nem de longe, unanimidade ou consenso na nossa categoria. É necessário esclarecer que, ao contrário do que consta no documento, a referida nota não reflete o pensamento de todos os delegados presentes, pois foi aprovada tão-somente por maioria dos 156 delegados presentes à XXII Plenária Nacional, realizada nos dias 2 a 5 de agosto/2018, em Salvador-BA.Além do polêmico tema do aborto, durante a XXII Plenária Nacional da Fenajufe, temas importantes para a categoria como campanha salarial, carreira, data-base, risco à estabilidade, entre outros, foram deixados em segundo plano para abrir espaço à discussão de temas de ideologia político-partidária como “Lula livre”, apoio a manifestantes que respondem processo devido aos protestos de 2013 (dentre eles os acusados pela morte do cinegrafista da rede Bandeirantes, Santiago Andrade), imperialismo Trump, Nicarágua, Venezuela, etc.É lamentável que a Federação representante dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União se manifeste publicamente e de forma açodada sobre tema extremamente polêmico e de alta complexidade, não relacionado diretamente às pautas da categoria, afastando-se de suas finalidades institucionais e sem um debate aprofundado e ampla consulta à base dos sindicatos filiados.O SINDJUS/DF reafirma seu compromisso de trabalho incansável para que os direitos e garantias da categoria de servidores do Poder Judiciário da União e do MPU sejam preservados e ampliados, mantendo o compromisso firmado de apartidarismo e independência da entidade, afastando as pautas ideológicas partidárias (de qualquer vertente) dos pontos principais de discussão, para priorizar o atendimento aos anseios e demandas de seus filiados e da categoria de um modo geral.Brasília-DF, 14 de Agosto de 2018
Diretoria Colegiada
SINDJUS/DF

🔥13 Total de Visualizações