Setembro amarelo: a sua vida é muito importante para todos nós!

O número de casos de suicídio no serviço público, inclusive, no Poder Judiciário e no Ministério Público, é crescente. Infelizmente, essa é uma realidade que precisa ser encarada e combatida. O Sindjus-DF, ampliando o conceito da defesa da categoria, adere à campanha Setembro Amarelo, de modo a dar visibilidade à importância de combater o suicídio promovendo a defesa da vida de cada servidor do PJU e do MPU.A sua vida é muito importante para todos nós! Dessa forma, queremos te ajudar. Uma das causas frequentes de adoecimento de servidores está na prática do assédio. Se você sofrer qualquer prática de assédio ou conhecer quem esteja sendo vítima dessa nocividade, denuncie (3212-2613). Seu nome será preservado e o Sindicato trabalhará administrativa e judicialmente para solucionar esse problema, preservando sua integridade e garantindo sua saúde física, mental e emocional.Iniciada em 2015, a campanha brasileira do Setembro Amarelo é uma iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP). O Sindjus-DF apoia essa iniciativa e convida você a espalhar nossos materiais publicitários sobre o tema, no intuito de fomentar uma cultura de valorização da vida no âmbito do Judiciário e do Ministério Público.Atenção!Uma pesquisa da Subsecretaria de Saúde, Segurança e Previdência dos Servidores (Subsaúde) do Distrito Federal, aponta que, pela primeira vez, transtornos mentais e comportamentais — como estresse, depressão e síndrome do pânico — são a principal causa da falta de servidores. No DF, essas doenças correspondem a cerca de 60% dos motivos de afastamento. Entre as principais queixas dos servidores estão: normas rígidas, pressão, trabalho em excesso, ambiente desgastante, e o sentimento de estar afastado do planejamento da vocação.Quem acha que a vida de servidor público é apenas tranquilidade, engana-se. A burocracia excessiva, sobrecarga de trabalho, exigência do cumprimento de metas cada vez mais pesadas e a verticalização do trabalho fazem, muitas vezes, com que os funcionários se distanciem de sua atividade e achem que ela não tem sentido. Frustração e sentimento de estagnação também aparecem entre os motivos que podem levar à depressão e ao estresse.Falar é a melhor solução!O Centro de Valorização da Vida, órgão sem fins lucrativos que atua desde 1962, é dedicado a escutar qualquer pessoa que está passando por dificuldades, funcionando como uma prevenção ao suicídio (ligue 141 ou acesse cvv.org.br). Se você, servidor do Judiciário e do MPu, se identifica com algum dos sentimentos ou situações citados acima, entre em contato com o CVV ou com o Departamento Jurídico do Sindjus-DF.

🔥103 Total de Visualizações