Sindjus-DF desmente Fake News sobre Pró-Saúde e reafirma compromisso com a transparência

Infelizmente, o Sindjus-DF precisa, novamente, desviar a atenção das graves e urgentes demandas de interesse da categoria, para desmentir uma nova fake news, supostamente ventilada nesta segunda-feira (17/09) por um membro do Conselho Deliberativo da Assejus, com intuito de manchar um trabalho sério, árduo e bastante elogiado que vem sendo realizado pelo Sindicato em prol de mais transparência e participação dos servidores em relação ao Pró-Saúde.A mentira espalhada pelo WhatsApp disseminou o boato de que o Sindjus e a Assejus teriam feito um acordo com o presidente do TJDFT no sentido de criar um plano de saúde privado, de modo que todos os beneficiários do Pró-Saúde migrariam para esse plano.Tal afirmação é mentirosa e todas as providências jurídicas e administrativas serão tomadas para que essa pessoa, que agiu de má-fé, seja responsabilizada pelo estrago que pretende causar. Estamos vivendo um período delicado, onde todos são chamados à união, e tal atitude irresponsável semeia a cisão e prejudica uma decisão balizada sobre o futuro do plano.O Sindicato reafirma seu compromisso na defesa intransigente do Pró-Saúde, destacando que, desde o momento em que foi dada publicidade ao estudo sobre a realidade do plano, tem convergido esforços e atuado com muita responsabilidade para garantir total transparência e a participação efetiva dos servidores nas decisões que envolvem o futuro do Pró-Saúde.Nessa linha, o Sindjus-DF realizou audiência pública e promoveu 18 reuniões setoriais no TJDFT, onde foram debatidas e apresentadas várias sugestões para solucionar o problema do Pró-Saúde. Nessas reuniões, diversos servidores solicitaram que o Sindicato buscasse viabilizar uma proposta alternativa de plano de saúde para colocar à disposição dos seus filiados. Diante disso, para atender o pleito dos servidores, o Sindicato vem realizando estudos, conforme registrado nas reuniões de Diretoria (que são transmitidas ao vivo), inclusive visitando outros sindicatos que possuem experiência exitosa nesse sentido.Nunca, em hipótese alguma, se cogitou a substituição do Pró-Saúde por outro plano e jamais houve conversa com o presidente ou com a administração do TJDFT nesse sentido. Na última reunião do Sindjus-DF com o presidente do TJDFT, no dia 08 de maio de 2018, o tema Pró-Saúde não chegou nem sequer a ser discutido, uma vez que os estudos sobre a situação do plano ainda não haviam sido divulgados. Desde então, não houve nova reunião entre o Sindicato e o presidente do TJDFT.Essa gestão tem como prioridade a transparência de seus atos e o compromisso com a categoria, de modo que todas as reuniões com autoridades são divulgadas nos meios de comunicação da entidade.Fake News é crime! É preciso dar um basta nessa prática.Todos à Assembleia-Geral do dia 19/09, pois é onde será decidida a posição oficial do Sindjus-DF em relação à luta pelo Pró-Saúde.Ao eleger a atual Direção, a categoria escolheu percorrer um caminho de lutas e conquistas, com muita seriedade e responsabilidade. Juntos, somos mais fortes!O PRÓ-SAÚDE É DOS SERVIDORES!

🔥36 Total de Visualizações