Participe da campanha para correção de informação divulgada pela GloboNews

O jornal Globonews Edição das 18 desta quarta-feira (7/11) cometeu um erro ao colocar na legenda da reportagem que tratava do reajuste para ministros do STF aprovado pelo Senado que o mesmo seria para os Servidores do Judiciário. Tal feito prejudica a imagem dos servidores perante a sociedade.

A Fenajufe já entrou em contato com a redação da Globo em Brasília e no Rio de Janeiro solicitando a correção dessa informação. No entanto, isso ainda não ocorreu. Vamos intensificar o contato pelos canais de atendimento ao Cidadão e redes sociais solicitando que tal erro seja reparado, esclarecendo aos telespectadores que o reajuste aprovado não é dos servidores do Judiciário, mas dos ministros do STF. Juiz não é servidor! Portanto, é necessário fazer justiça.Confira abaixo a sugestão de mensagem a ser disseminada pela categoria:Exijo seja corrigida o mais rápido possível, informação veiculada no jornal Edição das 18 desta quarta-feira, 7, quando da passagem do repórter Vinicius Leal, sobre a aprovação pelo Senado, de aumento de 16.38% para MINISTROS DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.O aumento beneficia APENAS OS MINISTROS DO STF e não atinge os SERVIDORES do Poder Judiciário. Da mesma forma, o reajuste aprovado para o Procurador-Geral da República, recai APENAS sobre o próprio Procurador-Geral e para os Membros da pasta, NÃO ATINGINDO SERVIDORES, que continuam com salários congelados e defasados, com perdas acumuladas de mais de 41%.Canais:- Atendimento ao Cidadão: 4002-2884- Twitter: @GloboNews- Facebook: https://www.facebook.com/GloboNews/

🔥51 Total de Visualizações