Entidades promovem ato em defesa do Pró-Ser e contra o reajuste no plano

Na tarde desta terça-feira (18/12), Sindjus-DF, ASSTJ e Asajus realizaram um ato em frente ao auditório externo do STJ em defesa do Pró-Ser e contra a tabela aprovada no Conselho Deliberativo. Os manifestantes exigem a revisão imediata do ato ou a suspensão do mesmo até que novo estudo seja apresentado.

Essa demanda é fruto das assembleias setoriais conjuntas realizadas no STJ e no CJF para tratar do Pró-Ser, respectivamente, nos dias 26 e 27 de novembro. As entidades têm procurado conscientizar os beneficiários do programa dando o máximo de visibilidade possível ao tema. Mobilizações como o ato do dia 18/12 são importantes para chamar a atenção das autoridades competentes para a pauta dos servidores, que são os maiores financiadores do Pró-Ser e minoria no Conselho Deliberativo.

“Urgente, Pró-ser justo e transparente!” e “O Pró-Ser é nosso! Não vamos pagar a conta!” foram algumas das palavras de ordem entoadas por servidores, que também exibiram cartazes, demonstrando a insatisfação com as mudanças promovidas pelo Conselho Deliberativo, inclusive, em relação ao reajuste do plano.

O Sindjus-DF, a ASSTJ e a Asajus continuam o trabalho conjunto de conscientização dos servidores e de articulação junto às autoridades no sentido de intensificar a luta em favor de um Pró-Ser justo e transparente.

As entidades esclarecem, ainda, que a empresa Mercer Gama, de renome nacional e internacional, encontra-se aguardando o fornecimento pelo Tribunal dos dados já solicitados ao Conselho Deliberativo do Pro-Ser, por escrito e em reunião presencial, ocorrida no dia 13/12/2018, para dar início à análise e apresentação do estudo e de cenários alternativos e mais benéficos aos servidores.

Por fim, informamos que o pedido de suspensão de aplicação da tabela aprovada pelo Conselho Deliberativo, até que se tenha tempo hábil para a realização do estudo pelas entidades, foi rejeitado e que estão sendo avaliadas medidas judiciais para reverter a cobrança no mês de janeiro.

🔥45 Total de Visualizações