Campanha do Núcleo de Inclusão do Sindjus-DF chega ao CEE 01 de Taguatinga

Graças ao trabalho sério que vem desenvolvendo e ao comprometimento de seus integrantes, o Núcleo de Inclusão do Sindjus-DF ultrapassou as fronteiras do Poder Judiciário e do MPU. As pessoas estão, de fato, abraçando essa causa.

Na primeira semana de abril, quem visitou o Centro de Ensino Especial (CCE) 01, em Taguatinga, encontrou o boletim especial do Núcleo de Inclusão do Sindjus-DF sobre autismo afixado no mural e uma autista adulta utilizando a camisa do NI na mesma escola.

Essa integração é fruto da atitude da Sara Ferreira Miranda, esposa do servidor Alan da Silva Santos – Fórum de Taguatinga, que é professora do CEE 01.

“Levar os materiais do Núcleo de inclusão para divulgar na escola que eu trabalho – CEE 01 de Taguatinga – foi uma experiência muito gratificante. A comunidade escolar, principalmente os pais dos alunos ficaram felizes em saber que existe um sindicato que está envolvido na causa das pessoas com deficiência, em especial dos autistas”, afirmou Sara.

Segundo a professora Sara, o CEE 01 de Taguatinga é referência por prestar serviços de excelência aos alunos e suas respectivas famílias. “É um espaço acolhedor onde se ensina e talvez mais se aprenda, com a história de vida de cada envolvido no contexto da educação especial. Por isso, achei tão oportuno divulgar o trabalho do NI/Sindjus no CEE , um lugar que realmente abre espaço para a inclusão, respeito e amor às pessoas com deficiências”, explicou Sara.

E a família se une ainda mais em torno dessa causa. Sara, Alan e as três filhas (Sabrina, Raquel e Keila) vestem a camisa da inclusão. Keila (na foto ao lado de Sara) é deficiente auditiva e trabalha no STJ, como digitalizadora de processos (em breve o Sindjus-DF contará a sua história).

Encontrar os materiais informativos e as peças publicitárias do Núcleo de Inclusão para além dos espaços oficiais do PJU e MPU demonstra que os ideais e as práticas de inclusão estão sendo espalhados de formas positiva.

O Sindjus-DF agradece e aplaude iniciativas como essa da Sara. Inclusão é isso, todos atuando em prol de um mundo melhor! Nossos agradecimentos também a todos os alunos, pais de alunos, professores e trabalhadores do CEE 01 de Taguatinga, bem como à coordenadora pedagógica TGD/TEA Eliana Maria do Vale, que é ativista da causa, e ao diretor professor Luciano Benevenuto.

 

🔥556 Total de Visualizações