Na manhã de hoje, Sindjus-DF acompanhou audiências públicas sobre porte de armas e situação fiscal do sistema de Previdência

O coordenador-geral do Sindjus-DF e da Fenajufe Costa Neto participou, na manhã desta quinta-feira (04/07), de audiência pública realizada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal para debater a situação do registro, posse e porte de armas no Brasil.

A audiência foi proposta pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), que é o relator do projeto de lei 3715/2019, aprovado pelo Senado na última semana.
Representantes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Furtado, da ONG anti-desarmamento Movimento Viva Brasil e de outras entidades participaram do evento.
Na noite de ontem, os Diretores do Sindjus-DF e da Fenajufe Costa Neto e Roniel Andrade, acompanhados de outros dirigentes da Fenajufe e do Sisejufe-RJ, participaram do protocolamento da emenda 5/19, do deputado Hugo Leal (PSD/RJ), ao PL 3723/2019 que inclui os Agentes de Segurança nas categorias autorizadas a portar arma pessoal.

Reforma da Previdência


Após participar da audiência pública no Senado, Costa Neto se dirigiu à audiência pública sobre a situação fiscal do Sistema de Previdência Social do Brasil, na Comissão de Seguridade Social e Família. A audiência pública foi pedida pelo deputado Sergio Vidigal (PDT-ES) com objetivo de esclarecer dados do relatório divulgado recentemente pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com críticas ao modelo atualmente vigente no Brasil.
Participaram da audiência o representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) no Brasil José Luiz Rossi; e o presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), Floriano Martins de Sá Neto.
Nesse momento, dirigentes do Sindjus-DF, da Fenajufe e de outras entidades se encontram nas dependências da Câmara para dar continuidade e intensificar o trabalho de pressão sobre os parlamentares, contra a Reforma da Previdência, e acompanhar a votação da terceira versão do parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP).

🔥246 Total de Visualizações