Sindjus-DF acompanhou julgamento do STF que negou direito à fixação da Data-Base para servidores

Os coordenadores do Sindjus-DF Costa Neto, Chico Vaz, Gisele Sérgio, Arlete Ribeiro, Suely Masala, Roniel Andrade e Roberto Jovane, juntamente com dirigentes de outros Estados e servidores da base do DF, acompanharam na manhã desta quarta-feira (25/09), no Plenário do Supremo Tribunal Federal, a retomada do julgamento do RE 565.089, que trata da revisão geral anual de vencimentos e a reposição do poder aquisitivo de servidores públicos (Data-Base). A sessão começou às 9h30 e o placar final foi contrário ao pleito dos servidores públicos.

Até o momento se posicionaram pelo direito à indenização os ministros Marco Aurélio (relator), Cármen Lúcia, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski. Contra esse entendimento se manifestaram os ministros Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Weber, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Edson Fachin. Ausência do ministro Celso de Melo.

🔥772 Total de Visualizações