Sindjus-DF requer que TJDFT promova campanha de vacinação contra gripe imunizando 100% dos servidores

Preocupado com a saúde dos servidores e considerando que a vacina contra a gripe (Influenza Tipo A H1N1) pode contribuir na diminuição de doenças respiratórias e auxiliar na prevenção e combate à pandemia do coronavírus, o Sindjus-DF encaminhou ofício ao presidente do TJDFT, desembargador Romeu Gonzaga, requerendo a realização de ampla e urgente campanha de vacinação para todos os servidores e magistrados, e seus respectivos dependentes, priorizando, por meio de um cronograma, os grupos de risco, bem como aqueles que estão expostos ao risco de contágio pelo coronavírus.

Os infectologistas consideram de suma importância a imunização contra a gripe, bem como a antecipação da campanha de vacinação, objetivando reduzir a incidência de infectados com Influenza, desafogando assim o sistema de saúde. Além disso, a vacinação tem o intuito de resguardar os mais vulneráveis contra doenças respiratórias que podem impactar o sistema imunológico e favorecer o aparecimento de outras infecções, impedindo uma sobrecarga do sistema respiratório que se agravaria sobremaneira num eventual ataque do novo coronavírus.

Para conseguir esse objetivo é necessário que todos sejam imunizados, de modo que haja abertura com urgência, por parte da Administração do TJDFT, de novo procedimento licitatório para aquisição do número ideal de doses da vacina contra a gripe (100% de imunização de servidores e magistrados, e de seus dependentes), uma vez que foi aberto um processo licitatório para compra de apenas 2.500 doses.

O Sindjus-DF ainda requer no ofício que, caso não seja possível realizar essa ampla campanha de vacinação, o TJDFT autorize a imunização contra a gripe na rede privada (clínicas de vacinação), com o respectivo reembolso pelo Tribunal dos valores despendidos, ou de parte deles. O Sindicato cita, neste sentido, a boa prática desenvolvida pelo MPF, que estabeleceu o reajuste no reembolso das vacinas adquiridas pelos servidores e membros diretamente nas clínicas de vacinação para o valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais).

Deste modo, o Sindjus-DF espera que a Administração do TJDFT se sensibilize com essa causa que é de extrema importância não só para os servidores e magistrados do TJDFT, mas para toda sociedade, pois se trata de uma medida efetiva para contribuir com o combate ao inimigo comum de toda a saúde pública, que é o coronavírus. Trata-se de uma ação em favor da vida.

Veja ofício AQUI.

🔥326 Total de Visualizações