CNJ pode votar parecer sobre criação da Polícia Institucional do Poder Judiciário no dia 21 de julho. Sindjus-DF e Agepoljus trabalham pela aprovação


Segundo apurado pelo coordenador de Assuntos Jurídicos do Sindjus-DF e presidente da Agepoljus, Roniel Andrade, o CNJ pode votar ainda neste mês de julho o parecer sobre a criação da Polícia Institucional do Poder Judiciário. A próxima sessão plenária do Conselho Nacional será no dia 21 de julho, de modo que a expectativa é grande para essa apreciação, assim como o trabalho das entidades para que o resultado seja o melhor possível.

De acordo com as informações obtidas em primeira mão, o relatório já está pronto e atende às reivindicações de Sindjus-DF e Agepoljus no sentido de ser favorável à implementação e transformação do cargo dos Agentes de Segurança, de modo que sejam valorizados e tenham uma atuação efetiva na estrutura desta nova polícia que vai beneficiar todo o Poder Judiciário.

“O momento é de reforçar o trabalho que está sendo feito há muito tempo, com afinco e responsabilidade, no sentido de implantar a polícia institucional. Nesta reta final, estamos encaminhando memoriais aos conselheiros do CNJ destacando a necessidade e a importância do Poder Judiciário contar com uma polícia própria, evidenciando que os Agentes de Segurança reúnem as capacidades e qualificações necessárias para fazer dessa polícia uma das melhores polícias do país”, afirmou Roniel Andrade.

Abaixo-assinado

É importante que você assine o abaixo-assinado virtual pela criação da Polícia do Poder Judiciário, que está sendo promovido por Sindjus-DF e Agepoljus, entidades parcerias nesta luta. A petição eletrônica tem o intuito de chamar a atenção das autoridades do Poder Judiciário para esta causa que é de grande relevância para todos nós. Participe clicando AQUI.

🔥763 Total de Visualizações