Nesta quinta-feira, tem lançamento oficial dos Cadernos da Reforma Administrativa

O Fonacate e a Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público, da qual o Sindjus-DF faz parte, lançam oficialmente, nesta quinta-feira (20/8), os Cadernos da Reforma Administrativa, com transmissão ao vivo, a partir das 16h30, pelo Facebook e YouTube do Fonacate.

Conforme já divulgado pelo Sindjus-DF nesta página, os Cadernos da Reforma Administrativa qualificam o debate sobre o tema, contextualizando com argumentos técnicos e estudos acadêmicos as propostas ventiladas pelo governo e Congresso. Trata-se de estudos sobre cinco temas principais: dimensões relevantes da administração pública federal, áreas de atuação, fundamentos da ocupação no setor público, política nacional de recursos humanos no setor público e republicanização e democratização das estruturas e formas de funcionamento dos aparatos governamentais.
O tema é muito importante, pois desde 2019 o governo e os parlamentares tem se manifestado constantemente no sentido de deflagrar uma ampla reforma da Administração Pública por meio de uma proposta que penaliza os servidores, colocando sob ameaça, por exemplo, a estabilidade.

No site do Fonacate já estão disponíveis os cinco primeiros Cadernos, mas, na quinta, haverá um debate especial sobre os Cadernos 6 e 7 que abordam a gestão e avaliação de desempenho no setor público brasileiro.

“Os Cadernos da Reforma Administrativa são fruto de um estudo sério, feito por profissionais qualificados como o jornalista, consultor e analista político Antônio Augusto de Queiroz, que tem trabalhado em conjunto com a Diretoria do Sindjus-DF nas questões legislativas. É impreterível que nos atentemos a tudo o que diga respeito à Reforma Administrativa, que tem sido muito cobrada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e agrada bastante ao ministro da Economia, Paulo Guedes. Sem dúvida, vamos ter um grande enfrentamento. É apenas questão de tempo para a Reforma Administrativa começar a tramitar no Congresso Nacional, por isso, precisamos nos preparar da melhor forma e utilizarmos todos os meios possíveis para combater mais essa tentativa de desmonte do serviço público brasileiro”, afirmou Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus-DF.

🔥232 Total de Visualizações