Análise da criação da Polícia do Poder Judiciário pelo plenário do CNJ fica para o dia 8 de setembro. Sindjus-DF e Agepoljus seguem trabalhando!

Em razão de um compromisso do presidente do CNJ, Dias Toffoli, a reunião do plenário desta terça-feira (1/9) foi interrompida, adiando para o dia 8 de setembro a apreciação do processo de criação da Polícia do Poder Judiciário, que constava como último item da pauta de hoje.

Para o coordenador-geral do Sindjus-DF Costa Neto e o Coordenador Jurídico Roniel Andrade, que é Presidente da Agepoljus, não há motivo para preocupação, pois a questão está bem encaminhada e só não foi analisada nesta terça-feira por conta de um imprevisto relacionada à agenda do presidente Toffoli.

Segundo os dirigentes, o Sindjus-DF e a Agepoljus fizeram um excelente trabalho até aqui em prol da criação da Polícia do Poder Judiciário, articulando com o relator e outros membros do Conselho para tornar esse pleito uma realidade.

Sindjus-DF e Agepoljus, que acompanharam virtualmente a sessão juntamente com as assessorias jurídica e parlamentar e sindical das duas entidades, vão continuar empenhados e envidando todos os esforços para que a matéria seja analisada e aprovada na sessão do dia 8 de setembro (terça-feira).

🔥389 Total de Visualizações