Sindjus-DF distribui processos do RRA através do PJE

Atendendo determinação da 5ª Vara Federal, o Sindjus-DF distribuiu as execuções com dados de quase 7 mil servidores (cálculos, CPFs e qualificação), em lotes de 100, juntamente com o processo do RRA (Ação Coletiva 32789-86.2011.4.01.3400, do Sindjus-DF), dentro da plataforma do PJE (processo judicial eletrônico). A distribuição tem a finalidade de facilitar o trâmite da execução pelo PJE e através da plataforma que foi criada.

Até o presente momento já foram distribuídas as execuções dos servidores dos seguintes órgãos: TRE-DF, STJ, STF, TRF1, TJDFT, STF e TRT10.

Como é de conhecimento de todos, existia uma audiência marcada no mês de março, quando teve início a pandemia e o fechamento de todos os Tribunais e Órgãos do MPU no DF. Essa audiência é fundamental para prosseguir na execução do RRA.

De acordo com o coordenador de assuntos jurídicos do Sindjus-DF, Cledo de Oliveira, a pandemia atrasou a execução não só do processo do Sindicato, mas de todos, de maneira geral, na Justiça Federal. “O Sindicato, juntamente com seus advogados Johann Homonnai e Marlúcio Lustosa Bonfim, estão fazendo todo possível para resolver a situação e dar prosseguimento às execuções”, declarou Cledo Oliveira.

O Sindjus-DF vai continuar o trabalho de distribuição de todos os processos dentro do PJE. Os dados referentes aos cálculos dos servidores que integram a ação do RRA estão no site, na área restrita a filiados. A consulta se refere exclusivamente ao processo do RRA.

O Sindicato continua trabalhando no sentindo de implementar o acordo e garantir o recebimento por cada filiado do valor a que tem direito.

🔥1.6 K Total de Visualizações