Assembleia histórica do Sindjus-DF aprova resoluções, alterações estatutárias e desfiliação da Fenajufe

Reunidos em assembleia-geral extraordinária, em ambiente virtual, na tarde desta quinta-feira (12/11), os filiados do Sindjus-DF aprovaram as alterações estatutárias e as resoluções, inclusive a desfiliação da Fenajufe, que haviam sido deliberadas no 8º Congresso.

Grupos político-partidários tentaram de vários modos sabotar a nossa assembleia, mas a categoria, que é soberana, decidiu por ampla maioria manter tudo o que havia sido aprovado pelos delegados durante a realização do 8º Congresso, ocorrido em 03 e 04 de outubro.

A proposta de votação em bloco das alterações estatutárias e das resoluções foi aprovada por 154 (60,16%) a 100 (39,06%) votos, com duas abstenções (0,78%).
Em seguida, as alterações estatutárias discutidas e aprovadas durante o 8º Congresso foram referendadas por 148 votantes (60,41%), registrando ainda 96 votos contrários (39,18%) e uma abstenção (0,41%).

As resoluções aprovadas no 8º Congresso, inclusive a desfiliação da Fenajufe, foram referendadas por 151 (60,40%) votos favoráveis x 99 votos (39,60%) contrários.
Dessa forma, consagrou-se a desfiliação da Fenajufe, demonstrando que a maioria da categoria não concorda com as práticas da Federação, que tem perseguido e atacado o Sindjus-DF e desprezado a pauta dos servidores.

“Além dos ataques de setores do governo, da mídia e de muitos parlamentares, temos sofrido ataques de integrantes de correntes ligadas a partidos políticos e centrais sindicais. A nossa Direção, por ser apartidária e compromissada exclusivamente com a categoria, tem pagado um preço caro por essa opção. São várias tentativas baixas e inconsequentes de manchar a imagem do Sindjus-DF e inviabilizar um trabalho sério e dedicado que tem sido elogiado nacionalmente. No entanto, não nos rendemos aos interesses de legendas partidárias, tampouco daqueles que praticam a velha política sindical. E o resultado desta assembleia demonstra que estamos no caminho certo. Quero agradecer, em nome da Diretoria, todo o apoio recebido da nossa categoria. O nosso 8º Congresso foi histórico e agora vivenciamos uma assembleia histórica. Com certeza, o Sindicato que sai dessa assembleia é um Sindicato ainda melhor, mais representativo e forte. Mais uma vez, o Sindjus-DF conclama a união de todos contra a Reforma Administrativa. Juntos, somos mais fortes!”, afirmou Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus-DF.

Sindjus-DF, AC, RR e RO
A assembleia aprovou a integração ao Sindjus-DF dos servidores da Justiça Federal e Eleitoral dos estados do Acre e Rondônia e da Justiça Federal de Roraima, bem como servidores dos estados da Federação do TRF1 e TRT10 que não possuam representação sindical, consolidando assim o que havia sido deliberado no 8º Congresso.
A Diretoria do Sindjus-DF, agora oficialmente, dá as boas-vindas a esses colegas do Norte que chegam para contribuir com as nossas lutas e com o fortalecimento do nosso Sindicato. Sem dúvida alguma, a assembleia-geral entendeu que o momento é de união de forças, de darmos as mãos e lutarmos juntos contra o pacote de maldades que está em curso visando a desvalorização dos serviços e servidores públicos. Há muito trabalho a ser feito e cada servidor faz a diferença.

O servidor Josemir Melo Nogueira, da JF do Acre, declarou: “Em nome dos servidores da Justiça Federal e Eleitoral do Acre, agradeço a acolhida do SindjusDF, agora pertencemos a um sindicato forte, com grande atuação nas esferas sindical e jurídica, estávamos no limbo, agora temos um norte, muito obrigado”.

“Colegas filiados do Sindjus-DF, em nome dos Servidores da Justiça Federal e Eleitoral de Rondônia venho agradecer vossos acolhimentos dos Servidores de Rondônia junto ao mais atuante Sindicato do PJU. Com essa formalização poderemos atuar ainda mais intensamente pelos interesses dos Servidores do PJU, especialmente junto a Bancada Federal de Rondônia. Muito grato pela acolhida”, afirmou o servidor da JFRO, João Cruz Beleza.

Como se pode notar pelos depoimentos emocionados que temos recebido, a assembleia desta quinta-feira (12/11) foi fundamental para acolher e mudar a vida dos nossos colegas do Acre, de Rondônia e de Roraima, que estavam sem representação sindical. Imagine como é ser servidor diante de todos esses ataques que estamos recebendo sem poder contar com um sindicato para lhe defender? É uma situação de impotência, de abandono, de insegurança. Isso é oportunidade para todos nós refletirmos sobre a importância de poder ser filiado a um sindicato forte e atuante como o Sindjus-DF. Enquanto um grupo de servidores do DF, com interesses político-partidários, atuam com o objetivo de descredibilizar nossa entidade, colegas de outros estados lutam para fazer parte da nossa base para serem representados pelo Sindjus-DF. A chegada dos colegas do Norte representa uma mensagem de confiança e força do Sindjus-DF, um sindicato que tem credibilidade e que é respeitado nacionalmente. “Filiado do Sindjus-DF, pode ter muito orgulho de fazer parte do maior e melhor Sindicato do PJU e MPU de todo o Brasil”, pontuou Cledo Vieira, coordenador jurídico do Sindjus-DF.

🔥244 Total de Visualizações