Sindjus-DF pede mobilização da base para envio de carta aos senadores contra PEC Emergencial

O Sindjus-DF elaborou, nesta quarta-feira (24/2), modelo de carta contra a PEC 186/2019 (PEC Emergencial), a ser enviada para os Senadores. No documento, o Sindicato explica que a aprovação da proposta vai abalar substancialmente os investimentos nos serviços públicos, além de impactar a vida de milhões de brasileiros.

A proposta, que está prevista para ir à deliberação na próxima terça-feira (2/3), prevê redução de investimentos no SUS e educação, congelamento de salários, benefícios, promoções e concursos públicos para servidores, além de outras medidas atrozes, que vão fragilizar o serviço público.

Você pode auxiliar na mobilização contra a PEC Emergencial. Utilize a carta abaixo como modelo e envie para os Senadores (confira a lista de contatos aqui) manifestando seu repúdio à aprovação da proposta.

Convide amigos e outros colegas servidores para unirem forças a esta luta e ajudar a barrar a aprovação da proposta!

Confira a carta abaixo: 

Excelentíssimo (a) Senhor (a) Senador (a),

O Brasil passa pela maior crise sanitária dos últimos cem anos. O avanço sem precedentes da pandemia da Covid-19, somado à falta de um plano consistente de imunização, já ceifou a vida de quase 250 mil pessoas. Como se não bastasse, cresce o número de desempregados e, como consequência, há um aumento exponencial da pobreza e da miséria em nosso país.

Em meio a tantas mazelas, é com muita surpresa que recebemos o texto do relatório da PEC 186/2019, de autoria do senador Márcio Bittar (MDB-AC), que, entre outras coisas, vai abalar substancialmente os investimentos nos serviços públicos – em especial no SUS e na Educação.

A PEC 186, também conhecida como PEC Emergencial, além de sacrificar mais de 11 milhões de famílias de servidores, ainda vai impactar a vida de milhões de brasileiros e brasileiras, que sofrerão com a precarização dos serviços públicos.

Reduzir salários e serviços públicos é uma verdadeira crueldade com a população brasileira, que assiste ao esfacelamento do estado social sem vez e sem voz dentro do Congresso Nacional.

Senador (a), não permita que esse caldeirão de maldades travestido de PEC seja aprovado, levando o país a uma tragédia social sem precedentes. Está em suas mãos garantir o mínimo de dignidade à população, que o elegeu e que confiou em suas mãos a condução do nosso país.

Ao invés de aprovar essa medida extrema, o Congresso deveria trabalhar, entre outras coisas, para:

1 – Ampliação dos investimentos na Saúde e nos serviços públicos;

2 – Reforço do SUS;

3 – Um plano consistente de vacinação;

4 – Cobrança das dívidas dos grandes devedores e sonegadores;

Senador(a), a aprovação da PEC 186 trará efeitos nefastos aos setores estratégicos dos serviços públicos e da sociedade. Não compactue com esse atentado ao nosso país! Diga não à PEC 186/2019!

🔥420 Total de Visualizações