Eleições do Sindjus-DF: Assembleia-Geral elege Chapa 1 – Unidade e Respeito – para coordenar processo eleitoral 2021

Com mais do que o dobro de votos da outra concorrente, a Chapa 1 – “Unidade e Respeito” – foi eleita, nesta sexta-feira (12/3), para presidir a Comissão Eleitoral que irá conduzir as Eleições do Sindjus-DF 2021

Na tarde desta sexta-feira (12/03), foi realizada, em ambiente virtual, assembleia-geral extraordinária para escolha da comissão eleitoral responsável pelas Eleições 2021 do Sindjus-DF (triênio 2021-2024).

Foram inscritas duas chapas, compostas por três titulares e três suplentes, entre servidores do Poder Judiciário e do MPU no DF, filiados ao Sindjus-DF e em dia com as obrigações estatutárias.

Unidade e Respeito (Chapa 1) e
Participa Sindjus (Chapa 2).

Após a segunda-chamada da assembleia-geral, às 14h30, o coordenador-geral do Sindjus-DF Costa Neto, que compôs a mesa da assembleia, também formada pelo coordenador-jurídico Cledo Vieira e pela advogada Thailine Lustosa, do escritório de Advocacia do Sindicato, deu início aos trabalhos, esclarecendo sobre a legitimidade e legalidade da assembleia, informando as regras e que foram registradas 715 inscrições aptas a participar da assembleia.

Cumprindo o rito da assembleia, conforme estabelecido em edital amplamente divulgado, representantes das chapas tiveram cinco minutos para fazer a sua defesa. Janedir Morata foi a responsável por fazer a defesa da Chapa 1. A defesa da Chapa 2 foi feita por Júnior Alves.

Cumprido esse processo, foi realizada a votação por dez minutos, após todas as explicações técnicas necessárias sobre os procedimentos.

Em seguida, aconteceu a apuração dos votos e a declaração do resultado:
Chapa 1: 346 votos
Chapa 2: 152 votos
Abstenção: 3 votos
Total de votos: 501

Após a proclamação do resultado, houve pronunciamento de Janedir Lopes, representando a Chapa 1:

“Cada um de nós vai trabalhar bastante, com toda honestidade, para coordenarmos essas eleições com a maior serenidade e segurança possível. Quero falar às chapas que se inscreverem para que façam isso com espírito de paz, promovendo uma campanha sem ficar ofendendo, xingando uns aos outros. Temos muito trabalho pela frente”, afirmou Janedir Morata.

“Quero agradecer a todos os que participaram e dizer que o Sindjus-DF é o maior Sindicato do País da nossa categoria. Há três anos éramos cerca de 9 mil filiados e hoje chegamos a quase 12 mil. Devemos cada vez mais enaltecer, engrandecer e fortalecer nosso Sindicato. Quanto mais colegas estiverem participando, mais força temos para desenvolver as lutas da categoria. Quero parabenizar as duas chapas, os colegas que agiram com zelo e respeito uns para com os outros, e dizer que devemos trilhar um caminho de respeito mútuo”, afirmou Costa Neto, que declarou empossados os colegas da Chapa 1 – Unidade e Respeito, composta por:

Titulares
•Janedir Lopes Morata; Paschoal Rosseti Neto; Lindomar Oliveira da Costa
Suplentes
•Osmaldo de Souza Ferreira; José Luiz Neto; Eronildes Ribeiro da Silva

A secretaria da comissão eleitoral funcionará num espaço reservado no Hotel San Marco.

Antes de encerrar, Costa Neto fez uma fala contundente sobre o comportamento deplorável de alguns participantes da assembleia no chat, que repetem práticas da antiga política sindical:

“As pessoas aqui deveriam ter mais responsabilidade, pois são servidores do Poder Judiciário e do MPU. Porém, infelizmente devemos continuar convivendo com essa postura inadequada, com esses comportamentos lamentáveis. Pessoas que tentam manchar a imagem do nosso sindicato, daqueles que o defendem. Ao invés de fortalecer, tentam sabotar a nossa entidade, inclusive, com ações judiciais. Precisamos repugnar esses atos, essas pessoas não mereciam sequer estarem no PJU e MPU, pois deveriam ter respeito com seus cargos, com sua entidade, respeito com o próximo. Nós vamos continuar nosso trabalho sério, que tem comprovado pelo cenário nacional e pelo crescimento de filiados durante essa gestão o respeito que o Sindjus-DF tem hoje. Retiramos o Sindjus-DF da lama em 2015, que estava falido pelos partidos políticos e CUT, e tornamos o Sindjus-DF o grande sindicato que é hoje. Que essas pessoas revejam seus posicionamentos e passem a colaborar e não trabalhar contra a nossa categoria”.

A assembleia foi encerrada às 15h56.

🔥400 Total de Visualizações