Sindjus-DF convoca categoria para carreata em defesa dos serviços e servidores públicos e contra Reforma Administrativa

O ato vai acontecer amanhã, quarta-feira, a partir das 14h, e a concentração será em frente ao Estádio Nacional Mané Garrincha

Servidores públicos de todo o País, dos mais variados segmentos, vão tomar o Eixo Monumental de Brasília em uma grande carreata contra a PEC 32 – também conhecida como PEC da Rachadinha -, e em favor dos servidores e dos serviços públicos. Capitaneada pela UPB – União dos Policiais do Brasil, a manifestação conta com o apoio do Sindjus-DF, do Sindilegis e cerca de outras 300 entidades que fazem parte do Movimento BASTA!.

A atuação dos policiais, que mobilizou toda sua bancada na Câmara dos Deputados, foi fundamental na batalha dos servidores contra a PEC 186 e a manobra sórdida do governo e de sua base, que vincularam a aprovação do Auxílio Emergencial a um verdadeiro pacote de maldades que só catalisa o desmonte do Estado e o sucateamento dos serviços públicos, além de penalizar os servidores mais uma vez. A movimentação das forças de segurança, que fez questão de abarcar todos os servidores, evitou o pior.

Agora, contra a PEC 32, as entidades pretendem subir o tom e mostrar cada dia mais combatividade e força. “Chega de pagar a conta da corrupção e da incompetência dos maus gestores. Estamos todos no limite. Ou cai essa PEC ou vamos trabalhar para derrubar todos os envolvidos na sua aprovação”, afirmou Costa Neto, coordenador geral do Sindjus-DF.

Entre as lideranças do BASTA!, a análise é a mesma: as entidades estão mais unidas do que nunca, prontas para o enfrentamento e dispostas a, no limite, parar o país caso o Governo e o Congresso insistam no texto que foi encaminhado para votação. Todos entendem que é necessário o serviço público evoluir e se modernizar. No entanto, ao contrário do que diz a propaganda oficial, o projeto apresentado não contribui para a modernização nem para a eficiência da máquina pública.

Muito pelo contrário, a PEC 32 representa o fim dos serviços públicos gratuitos e cria bases legais para a prática da corrupção, do apadrinhamento político, do nepotismo, da ingerência política sobre decisões técnicas, além de outros absurdos como a concentração de poder na mão do Executivo. O que está em jogo é muito mais do que os direitos dos servidores. O que está em jogo aqui é o futuro do nosso país e de todos os brasileiros que precisam de acolhimento e de serviços públicos de qualidade.

Venha, junte-se à essa carreata e diga um sonoro BASTA! para a PEC da Rachadinha, seus autores e seus apoiadores.

🔥408 Total de Visualizações