PROTESTO DO SINDJUS-DF NA FACHADA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE GANHA A CAPA DO JORNAL O GLOBO

O protesto, organizado em parceria com o Sindilegis e o Movimento Basta!, destacou o terrível marco de 280 mil mortes da COVID 19 e pediu VACINA JÁ!

No dia em que o Brasil registrou, pela primeira vez, mais de 3 mil vítimas do coronavírus no período de 24h e ultrapassou a trágica cifra de 280 mil brasileiros mortos na pandemia, o Sindjus-DF e o Sindilegis, representando o Movimento BASTA!, realizaram uma ação contundente em homenagem àqueles que nos deixaram, em prol da vacina e em repúdio à condução desastrada que o Governo tem feito a essa que já é a maior crise sanitária da história do nosso país.

Munidos de um projetor a laser, os dois sindicatos estamparam na fachada do Ministério da Saúde, que na semana passada ganhou seu quarto ministro em menos de um ano, frases de protesto como “LUTO! 280 MIL MORTOS”, “QUEREMOS SERVIÇOS PÚBLICOS FORTES”, “QUEREMOS SERVIDORES VALORIZADOS” e, sobretudo, aquele pedido urgente: “VACINA JÁ!”.

A imagem publicada na capa do jornal O Globo é de autoria do fotógrafo Ueslei Marcelino, da Agência Reuters, que em 2020 conquistou com sua equipe nada menos que um Pulitzer, o maior e mais reconhecido prêmio de jornalismo do mundo, realizado todos os anos em Nova York.

Junte-se ao Sindjus-DF e engrosse a luta do sindicato em favor do serviço público gratuito de qualidade, do servidor público devidamente reconhecido e valorizado e pela vacinação imediata de todos os brasileiros. Ontem, além do protesto no Ministério da Saúde, o sindicato também participou da grande carretada capitaneada pela União dos Policiais do Brasil, a UPB, contra a PEC 32, também conhecida como PEC da Rachadinha.

“Dia 24 de março estaremos na rua mais uma vez para combater esse perverso desmonte do Estado, que ameaça os serviços públicos gratuitos, inclusive o SUS, e vilaniza os servidores. Venha conosco! Venha dizer o seu sonoro BASTA para essa política liberal absurda, onde os especuladores do mercado financeiro ficam cada dia mais ricos enquanto os mais pobres pagam as contas.”, convida o coordenador geral do Sindjus-DF, Costa Neto.

🔥130 Total de Visualizações