SINDJUS-DF ARTICULA PRIORIDADE DE VACINAÇÃO PARA POLICIAIS JUDICIAIS/AGENTES DE SEGURANÇA DO MPU, OFICIAIS DE JUSTIÇA E DEMAIS SERVIDORES QUE TRABALHAM NO CONTATO DIRETO COM O PÚBLICO

Nesta segunda-feira (29/03), em reunião com o coordenador geral do Sindjus-DF, Costa Neto, o deputado Luis Miranda (DEM/DF), assumiu o compromisso de unir forças com o Sindicato para aprovar o pedido junto ao Governador Ibaneis Rocha e ainda tratou de outras pautas como o combate à PEC 32.

O encontro, que também contou com a presença do diretor do Sindilegis Petrus Elesbão, foi bastante propositivo e proveitoso. Em relação à PEC 32, os dois sindicatos ficaram de formular emendas de interesse da categoria e passá-las à apreciação do gabinete para os devidos encaminhamentos.

Quanto à inclusão dos colegas mais expostos entre as prioridades da vacinação, o Deputado Luis Miranda, que já vinha trabalhando na questão, ficou de levar pessoalmente os ofícios com os pedidos específicos e despachar direto com o Governador.

“Boa parte dos servidores do Poder Judiciário não parou. São colegas que estão arriscando a vida para que outros trabalhadores possam ficar em casa e contribuir com as políticas de isolamento social. Eles estão na linha de frente do combate à pandemia, ao lado dos valorosos servidores da saúde pública e da segurança, por exemplo, e precisam ser vacinados o quanto antes. Profissionais que desempenham funções semelhantes já foram incluídos entre os públicos prioritários e nada mais justo que o protocolo se estenda para eles”, esclareceu Costa Neto.
Além dos colegas já citados, o coordenador geral do Sindjus-DF também pediu pela inclusão dos colegas que atuam nas áreas de saúde dos tribunais e órgãos do MPU, bem como daqueles mais vulneráveis aos efeitos do coronavírus, a exemplo das pessoas com deficiência (síndrome de Down e outras) e dos trabalhadores com comorbidades comprovadas. “Queremos vacina já! E queremos vacina para todos os brasileiros, mas, neste momento, aqueles que estão na linha de frente trabalhando em prol da população e do País precisam ser imunizados para que possam realizar esse trabalho com a segurança necessária “, destaca Costa Neto.

🔥329 Total de Visualizações