SINDJUS-DF CONVOCA TODA CATEGORIA PARA PARTICIPAR DO PROTESTO NACIONAL CONTRA A PEC 32 NESTA QUARTA-FEIRA (23/6).

Em Brasília, a carreata em repúdio à PEC 32/20, que o Governo chama de Reforma Administrativa, sairá do Estádio Mané Garrincha às 14h

Seguindo os protocolos do uso de máscara, álcool gel e distanciamento social, milhares de pessoas de norte a sul do Brasil irão se unir, nesta quarta-feira (23/6), contra um dos maiores ataques à Constituição Federal e aos serviços públicos já desferidos até hoje: a PEC 32/2020 (Reforma Administrativa), apelidada de PEC da Rachadinha. Os protestos tomarão as ruas de diversas capitais.

A manifestação é organizada pela União dos Policiais do Brasil (UPB) e conta com o apoio do Sindjus-DF, Sindilegis, Movimento Basta! e de mais de 50 entidades representativas dos servidores.

Pela manhã, das 9h às 10h, ocorrerá um twittaço com a hashtag #PEC32daRachadinhaNão, acompanhada de fotos da mobilização, para trazer o assunto à tona nas mídias sociais. Para participar, basta acessar seu Twitter, escrever uma frase de indignação contra essa proposta e, ao final, incluir a hashtag.

Na parte da tarde, o ato promete ser uma verdadeira frente de coalizão contra a PEC 32/20. Em Brasília, haverá uma carreata a partir das 14h, com saída do Estádio Nacional Mané Garrincha em direção à Esplanada dos Ministérios, onde todos se reunirão em frente ao Congresso Nacional em mais um ato contra a Reforma Administrativa.

Além de Brasília, os organizadores do ato pedem que as entidades sindicais se manifestem em frente às prefeituras, câmaras e assembleias legislativas estaduais e municipais em todo o Brasil.

A PEC 32, ao contrário do que o Governo e sua base aliada querem que os brasileiros acreditem, não é uma reforma. A PEC 32 é um verdadeiro marco regulatório da corrupção.  Inclusive, em sua nota técnica, a assessoria legislativa do Senado, destacou esse fato: “Apesar de ser apresentada pelo Executivo como uma medida de redução de gastos públicos, a PEC 32 apresenta diversos efeitos com impactos fiscais adversos, tais como aumento da corrupção, facilitação da captura do Estado por agentes privados e redução da eficiência do setor público em virtude da desestruturação das organizações…”.

“É hora de unirmos forças para defender os serviços públicos e os servidores desse ataque comandado pelo Governo e apoiado por um grupo de políticos que só desejam ampliar o seu próprio poder sobre o Estado. Basta! Junte-se a nós e vamos à luta!”, convoca Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus-DF.

SERVIÇO:

Das 9h às 10h
Twittaço com a hashtag #PEC32daRachadinhaNão

A partir das 14h
• Carreata saindo do Mané Garrincha
• Ato na Esplanada dos Ministérios

🔥1.1 K Total de Visualizações