Filiados aprovam, por unanimidade, as contas do Sindjus-DF de 2021

Os filiados do Sindjus-DF aprovaram, por unanimidade, em Assembleia-Geral Ordinária que ocorreu nesta quinta-feira (7/4), no auditório externo do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a prestação de contas do Sindicato para o ano de 2021. A assembleia ocorreu com muita tranquilidade e a atual diretoria do Sindjus-DF mostrou, mais uma vez, que é com transparência e eficiência que se conduz os projetos em prol da categoria.

A assembleia ocorreu no formato híbrido, com a participação presencial dos filiados do DF e virtual dos filiados do Norte . A prestação de contas foi apresentada pela coordenadora de Administração e Finanças do Sindjus-DF, Ednete Bezerra, que fez uma exposição detalhada dos pontos de melhoria da gestão e a otimização no uso dos recursos realizada ao longo de 2021.

Ednete Bezerra citou pontos importantes de melhoria da gestão financeira do Sindicato, como o aumento na arrecadação de recursos , que decorreu do incremento do número de filiações e da regularização das contribuições dos filiados que estavam inadimplentes. Outro ponto citado foi o aumento de receita em função dos alugueis dos chalés que foram inaugurados no Cefis, que garantiu a maior presença dos filiados no clube e uma renda a mais para o Sindicato.

Outras economias também foram possíveis graças à diminuição dos custos da entidade com a manutenção de carros e combustível, que ocorreu após a troca da frota de veículos. Na área de pessoal, houve uma redução dos custos com mudança do plano de saúde dos funcionários para um de igual qualidade, mas com valores abaixo do que antes era praticado.

Outro aspecto destacado foi a economia de mais de R$ 1 milhão feita no ano de 2021 com a desfiliação da Fenajufe, cujos recursos foram melhor empregados na luta em defesa da categoria, como a grande campanha contra a Reforma Administrativa e outros ataques aos direitos dos servidores e ao serviço público, bem como foram revertidos em benefícios para os nossos filiados através do incremento de ações do Sindjus Club, como o programa Tanque Cheio, e também no investimento no patrimônio da entidade.

“O patrimônio do Sindjus-DF saiu de R$ 800 mil para mais de R$ 3 milhões. Temos hoje uma sede à altura dos nossos filiados e um sindicato que goza de prestígio e reconhecimento a nível nacional, e seguimos firmes envidando esforços no avanço das nossas lutas e para atender as demandas da categoria”, pontuou Ednete Bezerra.

Após a explanação didática e detalhada de Ednete Bezerra sobre o choque de gestão, a prestação de contas foi colocada em votação e foi aprovada por unanimidade tanto pelo filiados que estavam presentes no STJ quanto por aqueles que acompanhavam virtualmente.

🔥838 Total de Visualizações