Contas do Sindjus são aprovadas por unanimidade pela categoria

Os filiados do Sindjus aprovaram, por unanimidade, na tarde de quinta-feira (30/03), as contas do Sindicato referentes ao ano de 2022. A assembleia ordinária de prestação de contas aconteceu no auditório externo do Superior Tribunal de Justiça, e ainda aprovou proposta do Conselho Fiscal para realização de estudo a fim de instalar energia sustentável no Cefis.

Durante a leitura do parecer do Conselho Fiscal, o conselheiro fiscal White Franco Villela enalteceu o trabalho feito pela diretoria para economia de recursos e a transparência para obtenção dos dados necessários. “A gente fica impressionado com os números. E paralelo você ainda tem a facilidade de estar com os dados e os registros. Ficou muito tranquilo fazer esse trabalho”, disse.

A conselheira Aline Dias também elogiou a atuação da diretoria e falou da responsabilidade do Conselho Fiscal de analisar os números como uma questão social. “Um sindicalizado feliz, ele participa mais. Quando a gente olha os números, a gente não olha só os números, estamos olhando tudo que está sendo feito em benefícios de vocês”, disse.

A apresentação do parecer do Conselho Fiscal se deu logo após explanação feita pela coordenadora de administração e finanças Ednete Bezerra, que falou sobre o grande investimento feito pelo Sindicato para melhoria da comunicação, em assessoria parlamentar e para incrementação da sede e do Cefis.

A coordenadora ainda falou sobre o investimento feito em campanhas e atos para aprovação da recomposição salarial, aprovação do NS e reajustes dos auxílios alimentação e creche. “Estamos sempre primando para fazer uma gestão eficiente e responsável, e também para que a gente tenha mais recursos para investir naquilo que é fundamental, que é a luta em defesa dos interesses da nossa categoria”, disse Ednete Bezerra.

E todo esse investimento, segundo a coordenadora, implicou no aumento do número de filiados do Sindjus. De 2015 para cá o número de filiados dobrou. “E cresce a cada dia. É impressionante o número de filiações que a gente tem recebido a cada mês”, comemorou.

Energia Sustentável

Uma das propostas do Conselho Fiscal foi para garantir uma redução no consumo de energia tanto no Cefis quanto na sede do Sindicato. “Para reduzir ainda mais o valor pago mensalmente com a energia do Cefis, sugerirmos um projeto para energia autossustentável. Energia fotovoltaica nas estruturas que já estão instaladas lá”, disse o Conselheiro Fiscal White Villela.

Proposta do Conselho fiscal para realização de estudo de viabilidade técnica para colocação de energia sustentável no Cefis também foi aprovada por unanimidade pelos filiados que participaram da assembleia geral ordinária de prestação de contas.

🔥162 Total de Visualizações