Sindjus celebra o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência e destaca a importância da inclusão

No dia 21 de setembro é comemorado o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. Essa data, que foi instituída em 1982, tem o objetivo de promover a conscientização sobre os desafios enfrentados por esse grupo e a necessidade de garantir seus direitos.

No Brasil, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência e para essa população o Estado, as instituições públicas e as entidades de classe e da sociedade civil precisam trabalhar para garantir Justiça social.

O Sindjus tem um papel fundamental na defesa dos direitos das pessoas com deficiência. Para tanto, tem atuado diuturnamente para garantir a inclusão, seja por meio do estabelecimento de direitos, de oportunidades de trabalho, ambientes funcionais mais acessíveis, como também respeito às jornadas de trabalho. Além disso, luta para que as estruturas dos órgãos recebam os visitantes com total acessibilidade e respeito às limitações.

Segundo o último Censo do Serviço Público Federal, realizado em 2019, apenas 1,6% dos servidores públicos federais possuem algum tipo de deficiência. Nesse contexto, o Sindjus também tem trabalhado para aumentar esse número, através da implementação de políticas inclusivas e da conscientização dos servidores sobre a importância da igualdade de oportunidades.

O coordenador de Assuntos Jurídicos do Sindjus Cledo Vieira, que é pai de duas crianças autistas, destaca que: “por meio de campanhas de conscientização é possível sensibilizar a sociedade sobre a importância do combate ao preconceito e à discriminação.

Por isso, o Sindjus tem se juntado aos órgãos públicos nesse tipo de iniciativa que promova o respeito às pessoas com deficiência. Segundo dados do Disque 100, serviço de denúncias de violações de direitos humanos, em 2020 foram registradas mais de 10 mil denúncias de violência contra pessoas com deficiência.”

“Nós, enquanto sociedade, não podemos permitir que essas pessoas sejam deixadas à margem de programas de proteção e cuidado tão imprescindíveis,” afirmou Cledo Vieira.

Para o coordenador-geral do Sindjus Costa Neto, “o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência não é apenas uma data, mas um lembrete de que a defesa de direitos e a promoção da igualdade de oportunidade urge e precisamos de ações concretas para garantir que genuinamente tenhamos uma sociedade mais justa e igualitária.”

🔥94 Total de Visualizações