Sindjus prestigia cerimônia de posse do novo presidente do STF e CNJ, Luís Roberto Barroso

O Sindjus, representado pelo seu coordenador-geral Costa Neto, acompanhou, na tarde desta quinta-feira (28/9), a solenidade de posse dos ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin como presidente e vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do CNJ, respectivamente, pelos próximos dois anos.

Compuseram a mesa o presidente Luiz Inácio Lula da Silva; a procuradora-geral da República interina, Elizeta Ramos; os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco, e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira; e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Beto Simonetti.

Dentre outras autoridades presentes, Costa Neto cumprimentou o ministro da Educação, Camilo Santana, os governadores do DF, de Goiás e de São Paulo, Ibaneis Rocha, Ronaldo Caiado e Tarcísio de Freitas, respectivamente, o ministro do TST e Conselheiro do CNJ Vieira de Mello, o presidente do TRE/DF Roberval Belinati, o conselheiro do CNJ Bandeira de Mello, o secretário-geral do CNJ, juiz Gabriel Matos, e o advogado Antônio Carlos de Almeida de Castro, o Kakay.

A cerimônia foi aberta com a cantora Maria Bethânia interpretando o Hino Nacional. O decano do STF, Gilmar Mendes, discorreu sobre a trajetória de Barroso e destacou algumas decisões tomadas pelo ministro no Supremo.

Em seu discurso, Barroso ressaltou a importância do respeito à independência entre os poderes. “Numa democracia, não há poderes hegemônicos”. Afirmou que a pauta da garantia do acesso aos direitos fundamentais terá o devido destaque na sua gestão. Confira AQUI a íntegra do discurso de posse do novo presidente do STF.

 

🔥242 Total de Visualizações