Sindjus discute PEC das Mulheres e os prejuízos da EC 103 no programa “Ao Vivo no Fórum”

O Sindjus participou, nesta sexta-feira (6/9), em Fortaleza, do 36º Programa “Ao vivo no Fórum”, promovido pelo Fórum em Defesa do Servidor Público do Ceará, para discutir a PEC das Mulheres e os impactos da EC 103 no cálculo previdenciário das servidoras públicas. O programa é transmitido para 54 entidades sindicais por todo país.

A delegada sindical Patrícia Peres foi a principal participante do programa e explicou as razões que levaram o Sindjus fazer o pedido de Proposta de Emenda à Constituição, que busca igualdade no cálculo previdenciário entre as mulheres do regime geral e do regime próprio de previdência.

Patrícia Peres destacou que houve um erro material na redação do artigo 26 da EC 103, que excluiu as servidoras públicas da regra especial de cálculo das aposentadorias concedida às mulheres do regime geral. “Essa regra de cálculo prejudicou as mulheres. Houve uma divergência material na aplicação”, explicou a delegada sindical.

A representante do Sindjus também ressaltou a importância de os servidores estarem bem informados sobre as implicações financeiras da reforma previdenciária e os prejuízos aos servidores públicos. “Se as pessoas não entenderem as implicações financeiras, os servidores serão prejudicados por falta de informação (…)Após a reforma da Previdência, o apoio dos Sindicatos se tornou fundamental, pois as regras ficaram muito complexas”, complementou.

Além de Patrícia Peres, participaram da live as lideranças sindicais Sônia Pereira, Ana Virgínia e Liliane Gomes. O presidente do Sintrajufe-Ceará, Fábio Sabóia, agradeceu ao Sindjus pela iniciativa da PEC que busca corrigir essa distorção.

Para assistir à live completa, clique aqui.

🔥145 Total de Visualizações