Sindjus participou de reunião do Subgrupo 3 do Fórum de Carreira do CNJ que discutiu antecipação salarial e planejamento interno

Os coordenadores do Sindjus Chico Vaz, Gisele Sérgio e Cledo Vieira participaram, na tarde desta quinta-feira (19/10), da terceira reunião oficial do Subgrupo 3 – Reestruturação da malha salarial e política de recomposição, do Fórum de Discussão da Carreira dos Servidores do Poder Judiciário, que discutiu a antecipação salarial e o plano de trabalho do subgrupo.

Na última reunião, realizada no dia 9 de outubro, foi tirado como encaminhamento convidar o Diretor do Departamento de Acompanhamento Orçamentário do CNJ, Daniel Gerheim, para trazer informações técnicas para subsidiar a discussão sobre a antecipação salarial. No entanto, em razão de outros compromissos, Daniel não pode comparecer à reunião de hoje e ainda informou que não há nenhuma novidade em relação ao que ele apresentou na reunião do Fórum de Carreira do dia 31 de agosto.

Foi discutida a necessidade de se levar essa discussão para o campo político, atuando junto ao presidente do STF, Luís Roberto Barroso, e no Congresso Nacional.

O coordenador-geral do Sindjus Chico Vaz, disse que tanto a antecipação salarial quanto a valorização e o reconhecimento da importância do servidor, via reestruturação da carreira, são pleitos antigos da categoria, de modo que o encaminhamento de um não inviabiliza o andamento do outro, podendo ambos avançarem conjuntamente.

“A situação dos servidores é preocupante. Temos que cuidar da reestruturação da carreira, mas também devemos lutar pela antecipação da parcela salarial, de 2025 para 2024, como forma de minimizar os prejuízos impostos ao servidor ante a defasagem salarial que ora vivenciamos”, pontuou Chico Vaz.

Pelas administrações participaram da reunião apenas os representantes do CNJ e do STJ.

O Coordenador de Assuntos Jurídicos do Sindjus Cledo Vieira, mais uma vez, ressaltou a necessidade da participação maciça dos representantes das SGPs de todos os órgãos do PJU, para que se possa avançar nas pautas de interesse dos servidores, pois sem isso, a discussão das pautas fica prejudicada, comprometendo também os devidos encaminhamento dos trabalhos da Comissão.

“É fundamental ouvir a opinião do representante de cada órgão, pois essa discussão precisa chegar aos seus diretores-gerais e presidentes, visto que, sem suas aquiescências, o trabalho da Comissão se torna obsoleto”, pontuou Cledo Vieira.

Na reunião foi construído e definido o Plano de Trabalho da Comissão, elencadas as respectivas demandas.

Na sequência ficou acordado que o Sindjus e a Federação buscarão uma reunião prévia com o Coordenador-Geral do Fórum de Carreira, Conselheiro Bandeira de Mello, para pedir que ele solicite que os representantes das administrações apresentem dados orçamentários concretos, referentes à antecipação salarial já na próxima reunião do colegiado.

A coordenação do Subgrupo 3 também solicitará essas informações às administrações dos órgãos do PJU, que integram esse Fórum de Carreira.

Ao final foi aprovada a agenda de reuniões da Comissão, para o mês de novembro, que ocorrerão semanalmente todas as segundas-feiras, até o dia 30 de novembro, data em que deverá ser apresentado relatório preliminar das atividades do subgrupo.

A pauta é composta por: antecipação da parcela da recomposição salarial de 2025 para 2024; Data-Base; reformulação do AQ; Sobreposição Remuneratória do Técnico Judiciário com o Analista Judiciário; apresentação de esboço de proposta de novo PCS para vigência a partir de 2026, buscando equiparação com as carreiras do ciclo de gestão.

🔥623 Total de Visualizações