Sindjus participa da primeira Reunião do Subgrupo 1 do Fórum de Carreira do PJU

Na manhã da última sexta-feira (17/11), o Sindjus marcou presença na primeira reunião do Subgrupo 1 do Fórum de Discussão Permanente de Gestão da Carreira dos Servidores do Poder Judiciário da União. Representando o Sindjus, participaram o coordenador-geral Chico Vaz, a coordenadora de integração sociocultural Gisele Sérgio, e o diretor Wallace Pereira.

A reunião teve como objetivo planejar as ações futuras do subgrupo sobre temas como: definição das atribuições dos técnicos, atividades dos policiais judiciais e política de gestão de pessoas para os órgãos do PJU, bem como definir as novas atribuições dos Oficiais de Justiça, face às inovações tecnológicas.

Durante o encontro, os participantes discutiram o planejamento das atividades relacionadas aos artigos de 1 a 8 da Lei 11.416 e à Portaria Conjunta 3, com foco nos anexos I, II e IV, enfatizando a necessidade de se priorizar a discussão acerca do cargo de Técnico, diante da mudança do requisito para ingresso no cargo(NS), bem como rever a situação do cargo de Auxiliar, ainda vigente em alguns órgãos do PJU.

Discutiu-se a importância da atualização das atribuições dos técnicos, eliminando tarefas que, embora ainda constem como sendo do cargo, não mais existem de fato, como carimbar processos, por exemplo.

Destacou-se também a urgência de se rever a situação dos auxiliares remanescentes no PJU, no sentido de que seja corrigida injustiça do passado, por ocasião de reestruturação de cargos, que, por esse motivo, impôs sensíveis prejuízos aos ocupantes desse segmento, que há anos vêm amargando sucessivas perdas salariais em seus contracheques.

Os representantes do Sindjus defenderam ainda a necessidade de se trabalhar a possibilidade dos servidores do PJU, de todos os cargos e segmentos, poderem exercer outras atividades, como por exemplo, a de professor e/ou a de advogado.

Outro ponto abordado na reunião foi o impacto das tecnologias nas atribuições dos servidores, a exemplo dos que ocupam o cargo de Oficial de Justiça, que vem passando por sucessivas transformações devido à evolução tecnológica, inclusive com possível ameaça de extinção do cargo.

A regulamentação das competências da Polícia Judicial, bem como as políticas de Gestão de Pessoas dos órgãos também estiveram em pauta, evidenciando o compromisso do Sindjus em abordar temas essenciais para o desenvolvimento e valorização destes e dos demais servidores do Poder Judiciário da União.

Apesar de ter sido uma reunião proveitosa, os representantes do Sindjus se ressentem da ausência de discussão acerca do cargo de Analista, pelo menos nessa reunião, mas acreditam e esperam que o cargo também seja pauta das discussões futuras.

Outro ponto observado pelos diretores do Sindjus, foi o prazo exíguo estabelecido pelo CNJ, para que o Subgrupo 1 do Fórum de Careira do PJU finalize e entregue o relatório das respectivas ações e atividades.

“A discussão da carreira não é um tema tão simples de se discutir; pelo menos na minha visão. Demanda também tempo e estudo, além da necessidade de que todos os segmentos de cargos da categoria sejam ouvidos, como forma de subsidiar o Subgrupo acerca dos encaminhamentos, porquanto não há como se preparar um relatório qualitativo e producente, ante um prazo tão curto quanto o que foi estabelecido pelo CNJ, por isso a necessidade de sua prorrogação”, observou Chico Vaz.

A próxima reunião do Subgrupo 1 está agendada para o dia 29 de novembro do ano em curso.

Sindjus segue firme na luta pela defesa dos direitos e dos interesses da categoria!

🔥473 Total de Visualizações