Vitória: após forte campanha do Sindjus, TJDFT aprova proposta de 50% de servidores em teletrabalho


Coroando o grande trabalho realizado pelo Sindjus no TJDFT em defesa do aumento de 30% para 50% de servidores em teletrabalho, o Tribunal Pleno aprovou, nesta terça-feira (28/11), por unanimidade, a proposta de alteração da Resolução CNJ 481/2022 que será encaminhada à apreciação do CNJ.

Os coordenadores Costa Neto, Abdias Trajano, Chico Vaz, Sonia Cardoso, Anderson Ferreira, Júlio Horta, Francisco Xavier, Iveraldo Vasconcelos, Arlete Alves e Gisele Sérgio acompanharam a votação no Plenário do TJDFT. Antes da votação, os coordenadores ainda conversaram com alguns desembargadores, reforçando o pleito do Sindicato e entregando fisicamente memoriais no sentido de se garantir essa ampliação significativa do percentual de servidores em teletrabalho.

A advogada do Sindjus, Clarissa Sousa de Araújo, fez sustentação oral primorosa em defesa da proposta, argumentando em favor do aumento do número de servidores em teletrabalho. Demonstrou o quanto essa elevação do percentual de 30% para 50% favorece os servidores e a instituição, com ganhos consideráveis em matéria de produtividade e economia para o órgão.

Foi uma longa campanha desenvolvida pela Diretoria do Sindjus até esse resultado extremamente positivo, com a realização de diversas reuniões, inclusive com o presidente, desembargador Cruz Macedo, e com o corregedor, desembargador J.J. Carvalho; e com os representantes do Sindicato participando ativamente de todas as reuniões do Grupo de Trabalho instalado pelo tribunal para debater uma alternativa à Resolução CNJ 481/2022. O Sindjus entregou memoriais aos desembargadores, fixou faixas, distribuiu adesivos, placas e um boletim informativo, mobilizando servidores e sensibilizando magistrados. Enfim, o Sindicato não poupou esforços para construir essa vitória.

O Sindjus faz um agradecimento especial ao corregedor do TJDFT, desembargador J.J. Carvalho, pelo trabalho realizado como coordenador do Grupo de Trabalho que elaborou essa proposta e pelo seu apoio ao pleito. Inclusive, o Sindicato conta com a colaboração do corregedor na articulação junto aos conselheiros do CNJ, para que a proposta seja aprovada naquela Corte. Importante recordar que na reunião que o Sindjus realizou com J.J. Carvalho, no dia 13 de novembro, o desembargador se colocou à disposição para ajudar nessa jornada e na interlocução junto ao CNJ até a consolidação da proposta aprovada no TJDFT.

Agora, toda a atenção do Sindjus estará voltada ao CNJ. O Sindicato vai distribuir memoriais aos conselheiros e agendar reuniões para fazer a defesa dessa proposta. Além de garantir o aumento do percentual de teletrabalho para os servidores do TJDFT, o Sindjus destaca que essa proposta vai abrir caminho para ocorrer mudanças positivas e gerais nesse sentido, com a alteração da Resolução CNJ 481, de modo a ser implementada essa medida para todos os tribunais e órgãos do Poder Judiciário. Por isso, é fundamental o apoio de toda a categoria a essa luta. Juntos, somos mais fortes.

Orgulho de ser Sindjus. Filie-se e fortaleça o seu Sindicato.

 

 

 

🔥2.5 K Total de Visualizações